• Ouça a Rádio
  • Galeria de Fotos
  • Vídeos
  • Facebook
  • Twitter
SELECT TOP 3 B.Codigo , B.Nome_Arquivo , B.Href , B.Descricao FROM Banner B WHERE B.Publicar = 1 AND B.Data_Expiracao >= 20201026 AND B.[1pagina] = 1 AND B.Cod_Tipo_Banner = 4 ORDER BY B.Data_Publicacao DESC, codigo DESC
Conexão Jornalismo é o primeiro site do país a merecer o selo verde.
Planvale

Busca

 

Conexão TV

Quarta-feira, 21 de Outubro de 2020

Robinho e seu Deus "particular" contra "pessoas usadas pelo demônio"

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook
VER +

Galeria de Fotos

 
 

 
 

Comunidade

home > notícias conexão

Notícias Conexão

 

Terça-feira, 20 de Agosto de 2019

Sequestrador estava em surto há um mês

William: surto psicótico
William: surto psicótico

O sequestrador morto pela polícia na manhã desta terça-feira (20) na Ponte Rio Niterói estava em surto psicótico há pelo menos um mês. Segundo relataram familiares, ele vinha tomando medicação, mas passou a fazer uso de bebida alcoólica - o que em geral potencializa os sinais de alucinação.

Willian subiu ao ônibus, por volta das 5h10, em Alcântara, no ponto final. Deu uma nota de R$ 20 e recebeu troco. A tarifa é de R$ 9,15. Segundo passageiros, estava calmo e foi assim durante toda a viagem até entrar na Ponte. O sequestro foi anunciado às 5h26. Pouco antes das 6h, o ônibus foi atravessado na pista sentido Rio da Ponte.

Willian intimidava os passageiros com uma arma falsa e ameaçou incendiar o ônibus. Do lado de fora foi possível perceber momentos em que o sequestrador acendeu fogo no interior do ônibus. Havia garrafas pet com material combustível (gasolina). As garrafas foram amarradas junto ao teto do ônibus.

Witzel, o governador que comemorou a morte do sequestrador, disse que um parente do criminoso pediu desculpas.

"Conversei com familiares dele, um deles me pediu desculpa. Mas ele queria pedir desculpas e pediu à toda sociedade, pediu desculpas aos reféns, disse que alguma coisa falhou na criação e a mãe está muito abalada. Vamos também cuidar da família dele, tentar entender o problema para que outros não ocorram", afirmou Witzel.

 

Veja também:

>> Sequestrador de ônibus é morto pela polícia

>> Witzel comemora morte de sequestrador e vira alvo na rede

>> Eugênio Aragão: procurador escolhido por Bolsonaro não tem liderança

>> Contra o neoliberalismo, nada mais prático do que uma boa teoria

>> Ciência política já apontara as contradições do Ministério Público criado em 1988

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook
  •  
  •  
  •  comentário(s)
  •  
 
Sequestrador estava em surto há um mês
 

Copyright 2020 - WebRadio Programa Conexão - Todos os direitos reservados

Desenvolvido por Go2web

Está no seu momento de descanso né? Entao clique aqui!