• Ouça a Rádio
  • Galeria de Fotos
  • Vídeos
  • Facebook
  • Twitter
SELECT TOP 3 B.Codigo , B.Nome_Arquivo , B.Href , B.Descricao FROM Banner B WHERE B.Publicar = 1 AND B.Data_Expiracao >= 20201026 AND B.[1pagina] = 1 AND B.Cod_Tipo_Banner = 4 ORDER BY B.Data_Publicacao DESC, codigo DESC
Conexão Jornalismo é o primeiro site do país a merecer o selo verde.
Planvale

Busca

 

Conexão TV

Quarta-feira, 21 de Outubro de 2020

Robinho e seu Deus "particular" contra "pessoas usadas pelo demônio"

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook
VER +

Galeria de Fotos

 
 

 
 

Comunidade

home > notícias conexão

Notícias Conexão

 

Terça-feira, 20 de Agosto de 2019

Sequestrador de ônibus é morto pela polícia

Uma imagem que marca a ação: para o bem e para o mal
Uma imagem que marca a ação: para o bem e para o mal

Era pouco mais da cinco horas da manhã, nesta terça-feira (20) quando um homem sequestra um ônibus da Viação Galo Branco, de São Gonçalo, interrompendo o tráfego na Ponte Rio Niterói no sentido Rio. Após quatro horas e meia de negociação, sem que o criminoso se rendesse, um atirador de elite da polícia faz um disparo e atinge o sequestrador que morre ao ser levado para o hospital. Nenhum dos mais de 40 reféns ficou ferido. A operação tinha tudo para ser considerada elogiosa não fosse por alguns detalhes. O criminoso foi identificado como William Augusto da Silva, 20 anos.


Mas antes lembremos que: matar um homem armado que ameaçava inocentes é recomendável em todo e qualquer manual de Segurança Pública do mundo. Não há relação Direita X Esquerda. Mas isso não absolve alguns equívocos:

- O criminoso poderia ter sido atingido antes das quatro horas em momentos que deixou o ônibus para avaliar o cenário caótico que provocou. Numa delas ele joga uma mochila fora do ônibus. Um policial, fantasiado de soldado na guerra, está mexendo no seu celular e não percebe a ação. Erro grave!

- A comemoração do resultado morte pela polícia transformou a ação em ato circense - o que desqualifica toda a ação. Erro grave 2.

- A presença do governador no palco da ação transforma o que era circo em ato político - o que desqualifica ainda mais a operação e espanta o caráter profissional. Erro grave 3.

Atirador deixou coletivo e se expôs
Atirador deixou coletivo e se expôs  


- O excesso de tiros do atirador de elite precisa ser explicado. Quanto mais tiros maiores as chances de atingir inocente. Erro grave 4.

Permitir que o trânsito fluísse no sentido inverso expôs uma infinidade de cidadãos ao risco de tiros. Demoraram a fechar os dois sentidos. Erro grave 5.






- A arma de brinquedo, mais tarde identificada como tal, não atenua a ação do criminoso - não se pode contar com a hipótese.

Witzel não poderia, de maneira alguma ir ao local. Ele não é o orientador da ação e não há razão para tentar faturar em cima de um caso de violência urbana. Além disso, ao comemorar, revela seu oportunismo político.

Governador comemora morte do sequestrador: erro
Governador comemora morte do sequestrador: erro  


Distinguir este ato dos tiros defendidos pelo governador "só na cabecinha" é fundamental. Ali, na Ponte, era uma situação flagrante de um criminoso contra cidadãos inocentes. Witzel, por outro lado, defende a morte de suspeitos que estejam portando armas. No caso, o sujeito na Ponte já havia atravessado a fronteira.

 

Veja também:

>> Ciência política já apontara as contradições do Ministério Público criado em 1988

>> Alunos do CEFET reagem a imposição de diretor da escola pelo Ministério da Educação

>> A experiência no Cachambeer - o bom boteco do Méier - ou seria Cachambi?

>> Bebianno promete livro bomba sobre sua relação com Jair Bolsonaro

>> Nunca um trio anônimo fez tanto sucesso

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook
  •  
  •  
  •  comentário(s)
  •  
 
Sequestrador de ônibus é morto pela polícia
 

Copyright 2020 - WebRadio Programa Conexão - Todos os direitos reservados

Desenvolvido por Go2web

Está no seu momento de descanso né? Entao clique aqui!