• Ouça a Rádio
  • Galeria de Fotos
  • Vídeos
  • Facebook
  • Twitter
SELECT TOP 3 B.Codigo , B.Nome_Arquivo , B.Href , B.Descricao FROM Banner B WHERE B.Publicar = 1 AND B.Data_Expiracao >= 20190715 AND B.[1pagina] = 1 AND B.Cod_Tipo_Banner = 4 ORDER BY B.Data_Publicacao DESC, codigo DESC
Conexão Jornalismo é o primeiro site do país a merecer o selo verde.
Planvale

Busca

 

Conexão TV

Quarta-feira, 10 de Julho de 2019

Racismo na TV:apresentador ofende o povo negro ao criticar Ibope - vídeo

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook
VER +

Galeria de Fotos

 
 

 
 

Comunidade

home > notícias conexão

Notícias Conexão

 

Sexta-feira, 24 de Maio de 2019

Queiroz pagou cirurgia no Eistein em dinheiro vivo: R$ 65 mil

Queiroz e a mulher no hospital: dança antes da cirurgia paga em cash
Queiroz e a mulher no hospital: dança antes da cirurgia paga em cash

Um pagamento para lá de suspeito. Quem, e por que motivo, pagaria a uma cirurgia plástica, em um hospital respeitável, com dinheiro vivo? E por qual razão o hospital concordou com este modelo de pagamento? Isso aconteceu com ninguém menos do que o ex-assessor de Flávio Bolsonaro, Fabrício Queiroz, enquanto esteve internado para ser submetido a uma retirada de câncer no cólon no Hospital Israelita Albert Eistein, em São Paulo, na virada do ano. Ele, que é acusado pelo Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) pela movimentação suspeita de R$ 1,2 milhão, desembolsou, em espécie, R$ 64.580.


Segundo reportagem do jornal O Globo, o pagamento das despesas médicas foi efetuado no dia 14 de fevereiro. Queiroz teria ficado internado no hospital entre os dias 30 de dezembro de 2018 e 8 de janeiro deste ano.

Queiroz justificou o pagamento em dinheiro vivo alegando que o montante estava guardado em sua residência para ser utilizado na amortização de um financiamento imobiliário referente a um apartamento em Jacarepaguá, no Rio de Janeiro.

O pagamento teria sido efetuado diretamente à diretoria do hospital por Márcia Oliveira de Aguiar, mulher de Queiroz.

Segundo o advogado Paulo Klein Queiroz tem como comprovar os valores movimentados e utilizados na quitação do internamento.

 

Veja também:

>> Video simas bicho

>> Jean Wyllys acusa Miriam Leitão de pavimentar caminho de Bolsonaro

>> As estátuas do Rio seguem alvo de ladrões

>> Comissão pede explicações à OAB e MP sobre "desfile" de crianças para adoção

>> Pivô do golpe, Cunha vai ser transferido para o Rio

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook
  •  
  •  
  •  comentário(s)
  •  
 
Queiroz pagou cirurgia no Eistein em dinheiro vivo: R$ 65 mil
 

Copyright 2019 - WebRadio Programa Conexão - Todos os direitos reservados

Desenvolvido por Go2web

Está no seu momento de descanso né? Entao clique aqui!