• Ouça a Rádio
  • Galeria de Fotos
  • Vídeos
  • Facebook
  • Twitter
SELECT TOP 3 B.Codigo , B.Nome_Arquivo , B.Href , B.Descricao FROM Banner B WHERE B.Publicar = 1 AND B.Data_Expiracao >= 20171123 AND B.[1pagina] = 1 AND B.Cod_Tipo_Banner = 4 ORDER BY B.Data_Publicacao DESC, codigo DESC
Conexão Jornalismo é o primeiro site do país a merecer o selo verde.
Planvale

Busca

 

Conexão TV

Terça-feira, 21 de Novembro de 2017

Funcionários do SBT cancelam festa de fim de ano por conta das demissões

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook
VER +

Galeria de Fotos

 
 

 
 

Comunidade

home > notícias conexão

Notícias Conexão

 

Sexta-feira, 04 de Agosto de 2017

O refugiado sírio hostilizado e o brasileiro careca ameaçador

Careca com dois pedaços de pau na mão e nada na cabeça
Careca com dois pedaços de pau na mão e nada na cabeça
Quem melhor representa a alma do povo brasileiro? O homem que deixou seu país em guerra para buscar abrigo, proteção e trabalho em um país distante, cuja língua desconhecia, ou um careca violento que ataca o cidadão descrito acima? Concordamos todos, claro. O tal careca, ainda não identificado, que aparece em um vídeo registrado há uma semana, em Copacabana, gritando e ameaçando o estrangeiro é o retrato do que não somos.

O brasileiro é constituído por gente que para cá migrou em busca de oportunidades. A Exceção do negro, que veio forçadamente para trabalhar como escravos, e hoje é parte integrante e da sociedade (ou deveria ser), todos os demais povos vieram em busca de oportunidades.

Leia também:
careca seria da máfia dos ambulantes - população é solidária a Mohamed


Então, perguntamos: por que o tal careca achou que falaria em nome da população ao agir com violência e truculência?

Sendo ele branco, com ascendência imigrante, portanto, não seria ele também um beneficiário da hospitalidade do brasileiro?

O sírio ficou famoso, vende esfiha como água. Enquanto isso o careca....
O sírio ficou famoso, vende esfiha como água. Enquanto isso o careca....  


O fato é que, como vivemos no Brasil, o sírio mudou o lugar do seu carrinho de esfiha, mas a população já o descobriu. Passou a ser celebridade e todos querem fazer selfie com ele. Enquanto isso o careca....

O fato de ser careca incomoda. Não pela calvície - naturalmente. Mas por aproximá-lo a grupos radicais de direita que em geral raspam a cabeça para atacar imigrantes - cada vez mais comuns na Europa.

O grito dele em vídeo ("sou brasileiro, com muito orgulho e com muito amor!) revela que, politicamente, trata-se de um coxinha daqueles! E isso não surpreende!

Que Mohamed Ali, o sírio, por aqui permaneça e nos ensine a sobreviver e escapar de um país hostil. Vai que o Brasil....


 

Veja também:

>> A morte do Negro Gato, Luiz Melodia - vídeo

>> Pesquisa Vox Populi, com Lula à frente em todos os cenários, aumenta chance de prisão

>> A imagem marcante de uma tragédia pouco comentada

>> A tragédia da precarização do trabalho na fila do supermercado

>> Brasileira que dançou ao lado de Bono Vox, do U2, em Paris, fez fotos sensuais - vídeo

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook
  •  
  •  
  •  comentário(s)
  •  
 
O refugiado sírio hostilizado e o brasileiro careca ameaçador
 

Copyright 2017 - WebRadio Programa Conexão - Todos os direitos reservados

Desenvolvido por Go2web

Está no seu momento de descanso né? Entao clique aqui!