• Ouça a Rádio
  • Galeria de Fotos
  • Vídeos
  • Facebook
  • Twitter
SELECT TOP 3 B.Codigo , B.Nome_Arquivo , B.Href , B.Descricao FROM Banner B WHERE B.Publicar = 1 AND B.Data_Expiracao >= 20191215 AND B.[1pagina] = 1 AND B.Cod_Tipo_Banner = 4 ORDER BY B.Data_Publicacao DESC, codigo DESC
Conexão Jornalismo é o primeiro site do país a merecer o selo verde.
Planvale

Busca

 
Audiência na TV

Quinta-feira, 12 de Dezembro de 2019

Boa dica Netflix? "História de um casamento".
Audiência na TV

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook

Conexão TV

Quinta-feira, 12 de Dezembro de 2019

Charlie Sheen, a lenda, comemora dois anos longe das drogas

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook
VER +

Galeria de Fotos

 
 

 
 

Comunidade

home > notícias conexão

Notícias Conexão

 

Quarta-feira, 14 de Agosto de 2019

Nem tudo está perdido: um asteroide vai se chocar contra a Terra

Asteroide vai se chocar contra a Terra. Mas... tá tudo bem!
Asteroide vai se chocar contra a Terra. Mas... tá tudo bem!

Se você é daquelas pessoas que vivem perguntando nas redes sociais quando é que o asteroide vai se chocar contra a Terra, para acabar com a angústia de um governo para lá de qualquer nota, os seus problemas podem estar próximos a terminar. A presidente da B612 Foundation, a cientista Debra Remy, tem certeza de que o planeta Terra vai entrar em rota de colisão com um asteroide. Ela só não sabe afirmar quando isso deve ocorrer. "É 100% certo que seremos atingidos, mas não é 100% certo quando", diz a especialista. A B612 Foundation é uma fundação astronômica privada, dedicada a proteger a Terra de impactos de asteroides.



Apesar da certeza que o choque vai acontecer, Debra não acredita que o planeta será destruído porque a tecnologia que temos seria suficiente para detectá-lo pelas agências espaciais. De acordo com as últimas pesquisas da cientista, a Terra não corre perigo nos próximos anos, mas ela afirma que é preciso ter mais atenção com corpos celestes menores.

Asteroides pequenos são mais difíceis de serem identificados e podem causar impacto mais localizado. A NASA já afirmou que diariamente caem sobre a Terra cerca de 100 toneladas de material interplanetário. Contudo, a cada 10 mil anos em média, existe possibilidade de que asteroides com mais de 100 metros atinjam a Terra e causem desastres localizados ou ondas capazes de imundar zonas costeiras. Segundo Debra "Ainda temos um impacto global sobre transporte, redes de comunicação e clima".

No último sábado, um gigantesco asteroide, identificado como 2006 QQ23, se aproximou da Terra. De acordo com a NASA, o objeto tinha mais de 600 metros de diâmetro e viajava a 16,7 mil km por hora. Ele passou a 7,4 milhões de quilômetros de distância do planeta.

* Parece que ele viu o Bolsonaro concedendo entrevista e falando sobre o cocô em dias alternados. Mas deve ser boato!

 

Veja também:

>> Educação mede forças com Jair Bolsonaro

>> Freixo reagiu ao cerco da direita contra hospedagem no Copa

>> Moro protegeu Cunha e amigos ao não apreender celulares

>> Frota é expulso do PSL após negar apoio a Eduardo embaixador

>> Freixo no Copacabana Palace

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook
  •  
  •  
  •  comentário(s)
  •  
 
Nem tudo está perdido: um asteroide vai se chocar contra a Terra
 

Copyright 2019 - WebRadio Programa Conexão - Todos os direitos reservados

Desenvolvido por Go2web

Está no seu momento de descanso né? Entao clique aqui!