• Ouça a Rádio
  • Galeria de Fotos
  • Vídeos
  • Facebook
  • Twitter
SELECT TOP 3 B.Codigo , B.Nome_Arquivo , B.Href , B.Descricao FROM Banner B WHERE B.Publicar = 1 AND B.Data_Expiracao >= 20191019 AND B.[1pagina] = 1 AND B.Cod_Tipo_Banner = 4 ORDER BY B.Data_Publicacao DESC, codigo DESC
Conexão Jornalismo é o primeiro site do país a merecer o selo verde.
Planvale

Busca

 

Conexão TV

Quinta-feira, 10 de Outubro de 2019

Guga Chacra "esculacha" Eduardo Bolsonaro

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook
VER +

Galeria de Fotos

 
 

 
 

Comunidade

home > notícias conexão

Notícias Conexão

 

Quinta-feira, 28 de Março de 2019

Moro poderá ser conduzido coercitivamente ao Congresso

Sérgio Moro pode ser conduzido à Câmara
Sérgio Moro pode ser conduzido à Câmara
Foto: Foto: José Cruz/Agência Brasil

Nada como um dia após o outro. Após fazer da condução coercitiva instrumento banal para tomar depoimentos durante a Lava-Jato, a qual presidiu, o ex-juiz e hoje ministro Sérgio Moro pode tomar do mesmo veneno. Está previso que caso se recuse mais uma vez a comparecer à Câmara dos Deputados para debater o seu projeto Anti-Crime, encaminhado há um mês ao Congresso sem que tenha havido debate prévio com a sociedade, Moro poderá ser conduzido até lá por força policial. Quem revelou foi o autor do convite para o debate, deputado Glauber Rocha (PSOL/RJ).



Nesta quarta, Moro esteve no Senado - leia aqui

"Com requerimento meu e da deputada Luiza Erundina (PSOL/SP), Sérgio Moro teve a sua convocação aprovada na comissão de legislação participativa da câmara, pra falar da sua atuação. O governo se desesperou, mas não teve jeito. Convocado! Se não comparecer, vou pedir condução coercitiva", disse Braga.

A decisão foi tomada em sessão presidida por Leonardo Monteiro (PT-MG). A ideia é chamar Moro para debater o Pacote Anticrime e o Decreto do Armamento. A base do governo tentou modificar o requerimento para "Convite", mas foi derrotada. Por unanimidade (10 votos a 0) o requerimento foi aprovado e o ministro terá que comparecer à CLP para discutir os dois projetos que tramitam na Casa com parlamentares e com a sociedade civil organizada.

Glauber Braga argumentou que o Pacote Anticrime não tem justificativa concreta e por isso precisa ser discutido profundamente. "De onde ele tirou os elementos para apresentação dessa proposta? Com quais segmentos da sociedade que tem acúmulo na área de segurança pública ele dialogou? Aqui está a possibilidade concreta da gente saber de quais foram os dados que estimularam a apresentação do projeto", declarou o parlamentar.

 

Veja também:

>> Tábata Amaral pede que ministro da Educação se demita - vídeo

>> Sem Ciro, esquerda se une contra desgoverno Bolsonaro

>> Campanha nas redes pede preto nas roupas e janelas em 31 de março

>> Morre radialista sobrevivente do voo da Chapecoense

>> Professor do Quênia é eleito o melhor do mundo

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook
  •  
  •  
  •  comentário(s)
  •  
 
Moro poderá ser conduzido coercitivamente ao Congresso
 

Copyright 2019 - WebRadio Programa Conexão - Todos os direitos reservados

Desenvolvido por Go2web

Está no seu momento de descanso né? Entao clique aqui!