• Ouça a Rádio
  • Galeria de Fotos
  • Vídeos
  • Facebook
  • Twitter
SELECT TOP 3 B.Codigo , B.Nome_Arquivo , B.Href , B.Descricao FROM Banner B WHERE B.Publicar = 1 AND B.Data_Expiracao >= 20200329 AND B.[1pagina] = 1 AND B.Cod_Tipo_Banner = 4 ORDER BY B.Data_Publicacao DESC, codigo DESC
Conexão Jornalismo é o primeiro site do país a merecer o selo verde.
Planvale

Busca

 

Conexão TV

Quinta-feira, 19 de Março de 2020

Trompetista invade Jornal Nacional e obriga Bonner a justificar - vídeo

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook
VER +

Galeria de Fotos

 
 

 
 

Comunidade

home > notícias conexão

Notícias Conexão

 

Quarta-feira, 29 de Janeiro de 2020

Gastronomia Carioca: A volta do Caneco 70

Caipirinha: boa, mas com açúcar em excesso
Caipirinha: boa, mas com açúcar em excesso


* Por Fábio Lau (texto e fotografia)

Fui.

Caipirinha original nota 8,5 (nota alta posto que sou um cabra exigente) - mas havia muito açúcar.

Mojito: mesmo problema do excesso de açúcar. Mas sem angustura (que é o tempero visual do drink): 7,5.

Patinhas de caranguejo (empanada): 9

Ceviche de peixe branco (misterioso) - 9

Atendimento- 10

Aos fatos: O Caneco 70, que já foi um bar na orla do Leblon, cujo nome homenageava o tricampeonato de futebol, voltou 14 anos depois de fechado em forma de quiosque - destes gigantes, bancados pela municipalidade para benefício dos grandes. Não tem banheiro. O garçom sugere que se use o do Posto de Salva Vidas, 30 metros adiante. Ou 50. Isso é ruim. Mas, como bar, cumpre um papel importante por apostar na tradição e correção - coisas constantemente violadas quando o assunto é gastronomia popular.

A beleza do lugar é desnecessário dizer. Afinal, ele oferece o que a orla do Rio oferece: gente alegre na praia, futevôlei, vôlei, aviãozinho com publicidade, um mar de doer a vista de tão belo e, claro, alto astral.

Mas incomoda, neste e em outros lugares da orla, a ausência inexplicável do peixe frito ou assado. Há uma resistência, ao que parece, com este ramo da gastronomia que é honesto e ao mesmo tempo simples.

Por que é tão difícil comer um peixe inteiro no Rio de Janeiro? O Bar do David, no Morro Chapéu Mangueira, talvez seja o único a manter a iguaria conforme se espera encontrá-la: o peixe inteiro, casca crocante, acompanhado de salada, feijão e arroz.

Há quem diga que a fumaça espanta freguesia. Mentira. O cheiro vai se dispersar tão rapidamente quanto chegou. Estamos falando de um gigantesco litoral.

Comer um peixe frito ou assado no Rio, capital, curiosamente, só saindo da orla. E procurando muito. Ou o sujeito faz em casa - que é o que faço - ou vai à Niterói. O Mercado São Pedro é uma excelência no assunto.

* Fábio Lau é jornalista e gosta da boa e popular gastronomia carioca.

** Preço do Caneco? Um pouquinho salgado. Mas não muito. Ali a vista também merece couvert artístico.

 

Veja também:

>> Flamengo tentou ganhar R$ 81 mi pela transmissão do Cariocão

>> Filme "Codinome Clemente" está no Vakinha.Com

>> Banda russa ironiza Bolsonaro antes de show em São Paulo

>> 50 mortes já foram contabilizadas em MG por causa das chuvas. Saiba como ajudar

>> Dirceu, o pragmático, diz em artigo que alianças são da natureza da política

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook
  •  
  •  
  •  comentário(s)
  •  
 
Gastronomia Carioca: A volta do Caneco 70
 

Copyright 2020 - WebRadio Programa Conexão - Todos os direitos reservados

Desenvolvido por Go2web

Está no seu momento de descanso né? Entao clique aqui!