• Ouça a Rádio
  • Galeria de Fotos
  • Vídeos
  • Facebook
  • Twitter
SELECT TOP 3 B.Codigo , B.Nome_Arquivo , B.Href , B.Descricao FROM Banner B WHERE B.Publicar = 1 AND B.Data_Expiracao >= 20180524 AND B.[1pagina] = 1 AND B.Cod_Tipo_Banner = 4 ORDER BY B.Data_Publicacao DESC, codigo DESC
Conexão Jornalismo é o primeiro site do país a merecer o selo verde.
Planvale

Busca

 
Audiência na TV

Quinta-feira, 24 de Maio de 2018

Morgan Freeman é acusado por oito mulheres de abuso sexual
Audiência na TV

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook

Conexão TV

Quinta-feira, 24 de Maio de 2018

Atriz envolvida em seita arregimentava mulheres para estupro

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook
VER +

Galeria de Fotos

 
 

 
 

Comunidade

home > notícias conexão

Notícias Conexão

 

Sexta-feira, 16 de Março de 2018

Ex-vereador miliciano esteve na Câmara dias antes do assassinato de Marielle

Reprodução do Intercept
Reprodução do Intercept

Reportagem publicada no Jornal Intercept, desta sexta-feira (16), revela que um ex-vereador ligado à milícia esteve na Câmara dos vereadores dias antes do assassinato de Marielle Franco, 38 anos, morta na quarta-feira (14). Segundo a reportagem assinada pelos jornalistas Sérgio Ramalho e Rubem Berta, a vereadora, quando trabalhava no gabinete do deputado estadual Marcelo Freixo, trabalhou em uma CPI na qual resultou a denúncia de que Cristiano Girão matias integrava um grupo de milicianos.



Girão teve seu mandato cassado pela Câmara dos Vereadores em 2010 - um ano após ter sido preso na CPI das milícias presidida por Freixo. A reportagem do "The Intercept Brasil" teve acesso à imagem que mostra o rosto de Girão no momento em que ele entrou no prédio na última semana.

Segundo a reportagem, ao chegar à recepção, Girão indicou como destino o gabinete da Presidência da Câmara. O ex-vereador, porém, ainda esteve no sétimo andar, onde ficam as salas do pessolista David Miranda (defensor de Direitos Humanos e adversário político), Zico Bacana (PHS) e Chiquinho Brazão (MDB) - este último irmão do ex-conselheiro do Tribunal de Contas do Estado, Domingos Brazão, preso pela Operação Quinto do Ouro, em março do ano passado.

Para ler a reportagem completa clique aqui

 

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook
  •  
  •  
  •  comentário(s)
  •  
 
Ex-vereador miliciano esteve na Câmara dias antes do assassinato de Marielle
 

Copyright 2018 - WebRadio Programa Conexão - Todos os direitos reservados

Desenvolvido por Go2web

Está no seu momento de descanso né? Entao clique aqui!