• Ouça a Rádio
  • Galeria de Fotos
  • Vídeos
  • Facebook
  • Twitter
SELECT TOP 3 B.Codigo , B.Nome_Arquivo , B.Href , B.Descricao FROM Banner B WHERE B.Publicar = 1 AND B.Data_Expiracao >= 20170529 AND B.[1pagina] = 1 AND B.Cod_Tipo_Banner = 4 ORDER BY B.Data_Publicacao DESC, codigo DESC
Conexão Jornalismo é o primeiro site do país a merecer o selo verde.
Planvale

Busca

 

Conexão TV

Terça-feira, 23 de Maio de 2017

Ayres Brito vê brecha constitucional para eleições diretas - vídeo

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook
VER +

Galeria de Fotos

 
 

 
 

Comunidade

home > notícias conexão

Notícias Conexão

 

Quinta-feira, 02 de Março de 2017

Dória ofende jornalistas garantido pelas relações com empresários da Comunicação

Da Redação

Dentre os vários problemas que isso acarreta, acordos estabelecidos entre empresas de comunicação e políticos provocam sério dano a imagem e auto estima do bom repórter. Muitas vezes alheio a tais "acordos", o jornalista faz perguntas pertinentes a autoridades que reagem como se ofensivas fossem. Isso ocorre agora com Dória em SP. Acredita ter direito de esculachar jornalistas que o incomodam com perguntas desconfortáveis. Já aconteceu no Rio com Cabral, Pezão e Moreira Franco. Em Brasília então nem se fala... Moreira era craque em ofender e caluniar jornalistas quando ocupou o Palácio - e nele recebia criminosos.




Dória, que anda numa fase tão ruim que foi elogiado por Adriane Galisteu, bateu boca com jornalistas por conta de um anúncio idiota que fez sobre pílulas produzidas por um amigo. Eles foram falar com o prefeito sobre a idiotice de fazer propaganda usando o cargo de prefeito. Os esculachados da vez foram repórteres do Valor: Cristiane Agostine, Ricardo Mendonça e Maria Cristina Fernandes.

Curiosamente, 2/3 da reportagem do jornal Valor foram feitas sob o manto do interesse jornalístico. Falam sobre viagens, bilhete único e etc. Mas quando o tema passa a ser sua conduta o tom muda radicalmente. A transcrição está no Valor.


Valor: O sr. gravou e divulgou vídeo em rede social que causou polêmica, aquele em que faz propaganda da Ultrafarma num ambiente público, ao lado dos secretários.

Doria: Não citei a Ultrafarma, apenas as vitaminas. Que mal tem isso?

Valor: Não tem um conflito de interesse, o senhor mostrando as marcas, os medicamentos?

Doria: Qual é o conflito de interesse?

Valor: A Ultrafarma é patrocinadora do Lide [Grupo de Líderes Empresariais, empresa fundada por Doria e hoje controlada por seu filho] e o sr. está fazendo propaganda num ambiente público.

Doria: A empresa está fazendo doação, não tem dinheiro público. Não estamos gastando um centavo com eles. A vitamina é o de menos, eles estão fazendo uma ampla doação de medicamentos dentro desse programa. Qual é o mal? Não tem conflito de interesse [O prefeito eleva o tom de voz e ameaça encerrar a entrevista].

NdaR - O leitor comum pode se perguntar: e por que o editor ou dono da empresa não revela ao repórter que ele não deve atiçar a ira da autoridade? Ora, porque tem vergonha de admitir que há um acordo espúrio. Mas muitas vezes o repórter sabe e age como pau mandado. Este é considerado um "bom repórter".



 

Veja também:

>> Convidado da Globonews, economista chama Temer de governante ilegítimo - vídeo

>> Marcelo Archer: documentário sobre brasileiro condenado na Indonésia é obra que vale a pena - vídeo

>> Jornal Nacional revela manifestações contra Temer em todo o país - vídeo

>> Miro: a cinzenta quarta-feira de Temer

>> Youtube entra na TV por assinatura e vai transmitir Atletiba no Brasil

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook
  •  
  •  
  •  comentário(s)
  •  
 
Dória ofende jornalistas garantido pelas relações com empresários da Comunicação
 

Copyright 2017 - WebRadio Programa Conexão - Todos os direitos reservados

Desenvolvido por Go2web

Está no seu momento de descanso né? Entao clique aqui!