• Ouça a Rádio
  • Galeria de Fotos
  • Vídeos
  • Facebook
  • Twitter
SELECT TOP 3 B.Codigo , B.Nome_Arquivo , B.Href , B.Descricao FROM Banner B WHERE B.Publicar = 1 AND B.Data_Expiracao >= 20180421 AND B.[1pagina] = 1 AND B.Cod_Tipo_Banner = 4 ORDER BY B.Data_Publicacao DESC, codigo DESC
Conexão Jornalismo é o primeiro site do país a merecer o selo verde.
Planvale

Busca

 

Conexão TV

Quinta-feira, 19 de Abril de 2018

TVs do Reino Unido revelam caso de mulher que escravizava namorado

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook
VER +

Galeria de Fotos

 
 

 
 

Comunidade

home > notícias conexão

Notícias Conexão

 

Segunda-feira, 02 de Janeiro de 2017

Dória debocha da inteligência alheia e vira gari por alguns segundos

Por Fábio Lau

O cinismo tem palavra: ameaçou fazer o ridículo e fez
O cinismo tem palavra: ameaçou fazer o ridículo e fez
O deboche como marca. João Dória deu um passeio aos anos 50 para copiar uma prática política condenável: a demagogia. Não que o vício tenha estado apenas ali na história nacional. Mas foi na metade do século passado o nascedouro de muitas das mazelas com as quais convivemos até hoje: o cinismo em forma de moralismo empregado por Jânio Quadros. Com sua vassourinha, dizia que iria varrer a corrupção no país. Acabou, antes, com o próprio país. Sua renúncia deflagrou um processo golpista dois anos depois.

O prefeito de São Paulo reuniu alguns patetas, empossados como secretários, para fazer a foto. Ele, que prepara para as próximas horas um aumento na tarifa de ônibus, usou garis de verdade para compor o cenário.

A imprensa amiga - os grandes grupos de mídia -, ávida por publicidade oficial, finge que o ridículo é estratégia. O paulistano, minimamente sério, sente vergonha, neste instante: do que fez, ajudou a fazer e que terá que aturar pelos próximos quatro anos.

O cinismo como marca: Jânio Quadros
O cinismo como marca: Jânio Quadros  


Vale lembrar que o paulistano reelegeu Jânio Quadros décadas depois. Em 1986 ele sentou na cadeira de prefeito derrotando Fernando Henrique Cardoso.

Da série: por que tem gente que não aprende?

 

Veja também:

>> Chamada de capa dizia o seguinte: Carla Perez aposta no branco no Réveillon

>> Ricardo Stucker: fotógrafo consegue novas fotos de tribo isolada do amazonas

>> O marketing vai ser a marca da gestão Dória

>> Sobre o que o senador e agora prefeito Crivella precisa entender

>> O ano do Galo no Horóscopo Chinês

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook
  •  
  •  
  •  comentário(s)
  •  
 
Dória debocha da inteligência alheia e vira gari por alguns segundos
 

Copyright 2018 - WebRadio Programa Conexão - Todos os direitos reservados

Desenvolvido por Go2web

Está no seu momento de descanso né? Entao clique aqui!