• Ouça a Rádio
  • Galeria de Fotos
  • Vídeos
  • Facebook
  • Twitter
SELECT TOP 3 B.Codigo , B.Nome_Arquivo , B.Href , B.Descricao FROM Banner B WHERE B.Publicar = 1 AND B.Data_Expiracao >= 20180921 AND B.[1pagina] = 1 AND B.Cod_Tipo_Banner = 4 ORDER BY B.Data_Publicacao DESC, codigo DESC
Conexão Jornalismo é o primeiro site do país a merecer o selo verde.
Planvale

Busca

 
Audiência na TV

Quarta-feira, 19 de Setembro de 2018

O avanço de Haddad e as caras de culatra na Globonews
Audiência na TV

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook

Galeria de Fotos

 
 

 
 

Comunidade

home > notícias conexão

Notícias Conexão

 

Terça-feira, 13 de Janeiro de 2015

Colunista Hildegard Angel defende cobrar ingresso na praia para acabar com arrastões

Por Fábio Lau

A recaída da até ontem
A recaída da até ontem "progressista" Hilde
Ela está de volta: demorou, mas a dondoca Hildegard Angel, que há alguns anos vinha dando sinais de que resgatara a luta pela democracia e contra a opressão, agora parece ter resgatado a si mesma no tempo e no espaço, e volta a atacar, em sua coluna: defende a cobrança de ingressos nas praias da Zona Sul para acabar com os "arrastões" - ou seria para afastar pobres e suburbanos?? E ela ainda acrescenta que o gestor público deveria reduzir "drasticamente" os ônibus que circulam em direção à Zona Sul.

O curioso é que na coluna - onde vem com a lengalenga de que todo verão é assim - a filha de Zuzu Angel (possivelmente emboscada pela repressão) e irmã de Stuart Angel (morto em um quartel, sob tortura, durante a ditadura) encerra o texto dizendo saber que a medida é antipática (leia aqui).

- É uma crise grave. O poder público não pode nem deve ser titubeante. Há momentos em que ele precisa ser enérgico e corajoso o suficiente para tomar medidas necessárias que desagradem. A população não pode estar sujeita ao medo, à violência, ao vandalismo desenfreados. Há ações que necessitam ser implementadas. Certamente os especialistas sabem quais são, mas sugerir não ofende.

Os arrastões ocorrem no Rio por falta de policiamento, sim. Em dezenas de reportagens fica evidente que grupos saem dos pontos finais dos ônibus, já armados, dispostos a roubar turistas ou incautos na Zona Sul. Não há policiamento preventivo nos pontos finais dos ônibus ou no percurso.

A praia livre é um bem do cidadão do Rio e o vai e vem das ondas não gera um mísero centavo de custo para o poder público. Por isso mesmo qualquer medida que queira onerar o banhista é arbitrária e segregacionista. Ou será que a Zona Norte terá que cobrar pedágio quando o carioca da Zona Sul quiser ir ao Maracanã ou ao Engenhão nas partidas de futebol?

 

Veja também:

>> Depois das gafes, Globo troca dois jornalistas da cobertura de Paris

>> Primeira capa pós-atentado da revista Charlie Hebdo terá Maomé chorando

>> PMs que mataram Haíssa já haviam se envolvido em outro caso de morte em perseguição

>> Prefeito Haddad (PT) nomeia Chalita (PMDB) secretário da Educação de São Paulo - e agora Marta?

>> Morre Anita Ekberg, musa de Fellini e estrela de La Dolce Vitta - vídeos

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook
  •  
  •  
  •  comentário(s)
  •  
 
Colunista Hildegard Angel defende cobrar ingresso na praia para acabar com arrastões
 

Copyright 2018 - WebRadio Programa Conexão - Todos os direitos reservados

Desenvolvido por Go2web

Está no seu momento de descanso né? Entao clique aqui!