• Ouça a Rádio
  • Galeria de Fotos
  • Vídeos
  • Facebook
  • Twitter
SELECT TOP 3 B.Codigo , B.Nome_Arquivo , B.Href , B.Descricao FROM Banner B WHERE B.Publicar = 1 AND B.Data_Expiracao >= 20191215 AND B.[1pagina] = 1 AND B.Cod_Tipo_Banner = 4 ORDER BY B.Data_Publicacao DESC, codigo DESC
Conexão Jornalismo é o primeiro site do país a merecer o selo verde.
Planvale

Busca

 
Audiência na TV

Quinta-feira, 12 de Dezembro de 2019

Boa dica Netflix? "História de um casamento".
Audiência na TV

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook

Conexão TV

Quinta-feira, 12 de Dezembro de 2019

Charlie Sheen, a lenda, comemora dois anos longe das drogas

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook
VER +

Galeria de Fotos

 
 

 
 

Comunidade

home > notícias conexão

Notícias Conexão

 

Quinta-feira, 04 de Abril de 2019

Bolsonaro parabeniza PMs de SP por ação que matou 11


Imagem do Whatsapp

Nenhuma ação policial pode ser considerada perfeita se ela não logrou o que se chama de êxito absoluto: impediu o crime, prendeu os presos e, em caso de vítimas, libertou os reféns. Mas para alguém que não tem compromisso com a legalidade dos atos - vale lembrar que já disse que não paga impostos - o presidente Jair Bolsonaro fez algo que o deixa novamente na fronteira do chamado crime de responsabilidade*: parabenizou PMs pelo assassinato de 11 supostos criminosos. Os suspeitos teriam tentado assaltar um banco em Guararema, em São Paulo.



Em seu Twitter, Bolsonaro postou: "Parabéns aos policiais da ROTA (PM-SP) pela rápida e eficiente ação contra 25 bandidos fortemente armados e equipados que tentaram assaltar dois bancos na cidade de Guararema e ainda fizeram uma família refém. 11 bandidos foram mortos e nenhum inocente saiu ferido. Bom trabalho!"

Antes, seu filho, uma espécie de aprendiz dos maus hábitos paternos, eleito deputado federal, Eduardo Bolsonaro, também havia publicado um tuíte agradecendo aos agentes por "defenderem a sociedade e anteciparem a ida dos assaltantes para o inferno".

O governador de São Paulo, João Doria, também elogiou a operação e disse que os Pms serão homenageados na próxima quarta-feira. "Estão de parabéns os policiais que agiram e colocaram no cemitério mais dez bandidos", disse.

De acordo a Polícia Civil de São Paulo, cerca de 25 criminosos se preparavam para explodir caixas eletrônicos quando foram surpreendidos pelos policiais e, na tentativa de fuga, dispararam contra as equipes. Houve perseguição e troca de tiros em diferentes pontos da cidade.

Durante a fuga, parte dos criminosos chegou a fazer reféns em uma residência, mas a PM conseguiu libertá-los.

Até o momento os nomes das vítimas não foram divulgados.

Crime de responsabilidade*

Bolsonaro, ao incitar que PMs matem suspeitos, suprime o direito do Judiciário de julgar. Além disso, age contra os direitos sociais na medida em que retira do cidadão o direito a um julgamento justo.

Leia o que diz a lei sobre Crime de Responsabilidade:

"A rigor, não é crime, e sim a conduta ou comportamento de inteiro conteúdo político, apenas tipificado e nomeado como crime, sem que tenha essa natureza. A sanção nesse caso é substancialmente política: perda do cargo ou, eventualmente, inabilitação para exercício de cargo público e inelegibilidade para cargo político. A Lei nº 1.079/50 regula o crime de responsabilidade cometido por presidente da República, ministros de Estado e do Supremo Tribunal Federal, governadores e secretários de Estado. O crime de responsabilidade dos prefeitos e vereadores é regido pelo Decreto-Lei nº 201/67. A Constituição elenca como crimes de responsabilidade os atos do presidente da República que atentam contra: a própria Constituição, a existência da União; o livre exercício dos Poderes Legislativo e Judiciário, do Ministério Público e dos estados; o exercício dos direitos políticos, individuais e sociais; a segurança interna do país; a probidade administrativa; a lei orçamentária; o cumprimento da lei e das decisões judiciais".

 

Veja também:

>> Bolsonaro já tem maioria negativa em pesquisa

>> Governador do Novo, Romeu Nema, tem cidadania italiana cassada por fraude

>> Zeca Dirceu diz que Paulo Guedes é "Tigrão" com pobre e "Tchutchuca" com poderosos

>> Sem poder político, Magno Malta aposta no poder dos anabolizantes

>> A mídia e a história para "Boi Dormir" sobre o Nazismo e Bolsonaro

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook
  •  
  •  
  •  comentário(s)
  •  
 
Bolsonaro parabeniza PMs de SP por ação que matou 11
 

Copyright 2019 - WebRadio Programa Conexão - Todos os direitos reservados

Desenvolvido por Go2web

Está no seu momento de descanso né? Entao clique aqui!