• Ouça a Rádio
  • Galeria de Fotos
  • Vídeos
  • Facebook
  • Twitter
SELECT TOP 3 B.Codigo , B.Nome_Arquivo , B.Href , B.Descricao FROM Banner B WHERE B.Publicar = 1 AND B.Data_Expiracao >= 20181019 AND B.[1pagina] = 1 AND B.Cod_Tipo_Banner = 4 ORDER BY B.Data_Publicacao DESC, codigo DESC
Conexão Jornalismo é o primeiro site do país a merecer o selo verde.
Planvale

Busca

 
Audiência na TV

Segunda-feira, 15 de Outubro de 2018

Caetano entrevista Manuela D'Ávila
Audiência na TV

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook

Conexão TV

Terça-feira, 02 de Outubro de 2018

Globo X Record: nem nas pesquisas as emissoras combinam

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook
VER +

Galeria de Fotos

 
 

 
 

Comunidade

home > notícias conexão

Notícias Conexão

 

Sábado, 07 de Abril de 2018

Ataques da Rede Record a religiões de matriz africana serão punidos



Não vai mais passar ao largo e impune a onda de ataques que a Rede Record, do Bispo Macedo, promove contra religiões de raiz africana em sua programação religiosa. Travestidos de programas jornalísticos, "Mistérios", no quadro "Sessão de descarrego" e ainda na obra "Orixás, Caboclos e Guias, Deuses ou Demônios", promovem xingamentos e difamação das religiões sob um olhar preconceituoso e que se anunciava bíblico. Por decisão da Justiça, a Record terá que dar direito de resposta e apresentar programas destas religiões de maneira positiva e/ou elogiosa. Tome isso!

Em nota divulgada pelo gabinete do vereador David Miranda (PSOL/RJ), a conclusão da ação judicial foi tornada pública nesta sexta-feira (6). Leia aqui:



APÓS OFENSAS, IGREJA UNIVERSAL TERÁ QUE DAR ESPAÇO POSITIVO
PARA RELIGIÕES AFRO-BRASILEIRAS!



"A Rede Record, propriedade da Igreja Universal, e também a Rede Mulher, que exibe programas produzidos pela Igreja Universal, foram condenadas, nesta quinta-feira, a dar direito de resposta às religiões de origem africana! A ação civil pública foi movida pelo Ministério Público Federal, pelo Instituto Nacional de Tradição e Cultura Afro-Brasileira (ITECAB) e pelo Centro de Estudos das Relações de Trabalho e da Desigualdade (CEERT) em 2004 e agora finalmente foi julgada pelo Tribunal Regional Federal da Terceira Região, em São Paulo.

Foi provado que programas veiculados por essas emissoras OFENDEM e DEMONIZAM outras religiões, o que é vedado pela Constituição Federal. Os autores citaram ofensas proferidas no programa "Mistérios", no quadro "Sessão de descarrego" e ainda na obra "Orixás, Caboclos e Guias, Deuses ou Demônios".

Agora as empresas terão que dar todo o suporte - inclusive os estúdios e a equipe técnica - para que os grupos que ganharam a ação produzam programas de conteúdo positivo para as religiões de matriz africana!

Discursos de ódio, mesmo aqueles escondidos atrás de dogmas religiosos, não podem ser aceitos em LUGAR NENHUM! São ainda mais graves quando proferidos em rede nacional, em canais de tv aberta, que são CONCESSÕES PÚBLICAS do governo federal - portanto, um concessão da população a grupos midiáticos.

A confusão entre telecomunicações e religião faz muito mal ao Brasil. Dos 50 veículos pesquisados pelo projeto Quem Controla a Mídia no Brasil (do Intervozes e do Repórteres sem Fronteiras) 9 são de propriedade de lideranças religiosas. O Grupo Record - formado hoje pela RecordTV, a RecordNews, o Portal R7 e o jornal Correio do Povo, entre outros - pertence desde 1989 ao bispo Edir Macedo, líder da Igreja Universal do Reino de Deus (IURD). Os bispos da IURD possuem também, desde 1995, emissoras de rádio, como as que formam a Rede Aleluia, também incluída na pesquisa pelo seu alcance e audiência.

Qualquer que seja a sua religião, qualquer que seja seu canal, é fundamental respeitar as religiões dos outros! Respeita os orixás!"

 

Veja também:

>> Crítica & Literatura: Os livros que doem no peito

>> Repórter do SBT é demitida após chamar Guarda Municipal de "babaca" - vídeo

>> Mônica Iozzi ironiza decisão de Moro prender Lula

>> Imprensa alemã diz que prisão de Lula abre espaço para saída militar

>> Artista que pintava telas com resto humano é preso na Venezuela

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook
  •  
  •  
  •  comentário(s)
  •  
 
Ataques da Rede Record a religiões de matriz africana serão punidos
 

Copyright 2018 - WebRadio Programa Conexão - Todos os direitos reservados

Desenvolvido por Go2web

Está no seu momento de descanso né? Entao clique aqui!