• Ouça a Rádio
  • Galeria de Fotos
  • Vídeos
  • Facebook
  • Twitter
SELECT TOP 3 B.Codigo , B.Nome_Arquivo , B.Href , B.Descricao FROM Banner B WHERE B.Publicar = 1 AND B.Data_Expiracao >= 20200929 AND B.[1pagina] = 1 AND B.Cod_Tipo_Banner = 4 ORDER BY B.Data_Publicacao DESC, codigo DESC
Conexão Jornalismo é o primeiro site do país a merecer o selo verde.
Planvale

Busca

 
Audiência na TV

Terça-feira, 22 de Setembro de 2020

Mignonnes: corra e assista no Netflix antes que Damares censure
Audiência na TV

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook

Conexão TV

Quarta-feira, 23 de Setembro de 2020

"Remédio Amargo": filme que lava a alma da mulher oprimida

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook
VER +

Galeria de Fotos

 
 

 
 

Comunidade

home > notícias conexão

Notícias Conexão

 

Quarta-feira, 21 de Agosto de 2019

Artigo: algum policial não executaria o sequestrador se tivesse chance? Será?

Como agir diante de um criminoso armado? Eis a pergunta
Como agir diante de um criminoso armado? Eis a pergunta
Por Fábio Lau*

Sou jornalista e quem me conhece sabe que, como tal, milito profissionalmente no campo dos Direitos Humanos. Brizolista, defensor da escola pública integral e do direito à inviolabilidade do lar (tal e qual prega a Carta da ONU), embora oficialmente ela não seja respeitada, enfrentei muita barra naquele período em que se fechava o ciclo militar e tinha início um outro - baseado na Constituição de 88.


Neste tempo conversei com muitos policiais de variadas gerações. E descobri diferentes perfis. Fiz, então, espontaneamente, uma enquete para descobrir como funcionariam suas cabeças em situações hipotéticas. Uma das perguntas feitas se encaixa com o que ocorreu nesta terça-feira (20) a um jovem, William da Silva, 22 anos, após sequestrar um ônibus com três dezenas de passageiros e os mantê-los reféns na Ponte Rio Niterói.

Devo dizer, de antemão, que conheci e detectei alguns policiais com elevado senso humanitário. Contaria nos dedos, é verdade. Mas haviam. E neste universo restrito, mas dos mais plurais, descobri escritores, poetas, cronistas, humoristas, intelectuais e ativistas políticos de esquerda. E também gente que parecia carregar músculos no cérebro - de tão fechado, anacrônico e rude que era. E neste campo havia uma parcela elevada.

Certa vez pude formular a mesma pergunta a dois delegados que estavam em campos opostos na perspectiva do que seria direitos humanos. E obtive respostas naturalmente distintas. Compartilho, sem citar nomes, para pretensamente enriquecer a percepção e a perspectiva de leigos em um cenário absolutamente real - e que muitos não teriam jamais acesso:

A pergunta foi:

- Você está em uma troca de tiros com um criminoso. Eis que ele, sem munição, decide se render. Qual sua reação?

Delegado 1) (diria que é do grupo que tem músculos no cérebro) - Se ele só se rendeu após acabar a munição ele vai morrer. Ele teria me matado se a munição não tivesse acabado.

Delegado 2) - (diria que é do grupo raro dos que tem consciência sobre Direitos Humanos e sua relevância) - No momento em que o criminoso puxou a arma para me enfrentar ele vai morrer. Não há razão para não me defender ao limite. Ele, ali, decidiu que alguém sairia morto.

Disse, após o papo, a este policial: você está à direita de outro policial a quem fiz a mesma pergunta. Resposta:

- A lei me faculta isso! Ajo dentro do limite legal. Não vou conferir se a munição acabou ou não.

 

Veja também:

>> Dallagnol quis erguer monumento a ele mesmo

>> Sequestrador de ônibus é morto pela polícia

>> Sequestrador estava em surto há um mês

>> Eugênio Aragão: procurador escolhido por Bolsonaro não tem liderança

>> Witzel comemora morte de sequestrador e vira alvo na rede

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook
  •  
  •  
  •  comentário(s)
  •  
 
Artigo: algum policial não executaria o sequestrador se tivesse chance? Será?
 

Copyright 2020 - WebRadio Programa Conexão - Todos os direitos reservados

Desenvolvido por Go2web

Está no seu momento de descanso né? Entao clique aqui!