• Ouça a Rádio
  • Galeria de Fotos
  • Vídeos
  • Facebook
  • Twitter
SELECT TOP 3 B.Codigo , B.Nome_Arquivo , B.Href , B.Descricao FROM Banner B WHERE B.Publicar = 1 AND B.Data_Expiracao >= 20170430 AND B.[1pagina] = 1 AND B.Cod_Tipo_Banner = 4 ORDER BY B.Data_Publicacao DESC, codigo DESC
Conexão Jornalismo é o primeiro site do país a merecer o selo verde.
Planvale

Busca

 
Audiência na TV

Sexta-feira, 28 de Abril de 2017

Greve Geral, na Globo, vira "paralisação"
Audiência na TV

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook

Conexão TV

Terça-feira, 25 de Abril de 2017

Atletiba exclui Globo da transmissão da final do Paranaense

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook
VER +

Galeria de Fotos

 
 

 
 

Comunidade

home > notícias conexão

Notícias Conexão

 

Domingo, 22 de Janeiro de 2017

Intolerância Religiosa: livro fala sobre a praga que atormenta o Brasil contemporâneo

Da Redação
Fotos de Robson Moreira

Maria das Granças Nascimento e Ivanir dos Santos
Maria das Granças Nascimento e Ivanir dos Santos
Uma das pragas do terceiro milênio não apenas no Brasil, a intolerância religiosa foi denunciada em forma de livro neste sábado (21) quando é lembrado o Dia Nacional de Combate à Intolerância Religiosa. Bilíngue, " Intolerância Religiosa no Brasil - Relatório e Balanço" segue fazendo vítimas nas capitais e no interior de um país que já se considerou plural e culturalmente miscigenado.

O livro é resultado de uma pesquisa cientifica minuciosa. Os pesquisadores participantes da Comissão de Combate à Intolerância / CCIR, do Centro de Articulação das Populações Marginalizadas / CEAP e do Laboratório de História das Experiências Religiosas da UFRJ, apresentam de forma bastante elucidativa os dados levantados em órgãos, que focados na questão da intolerância Religiosa fazem ponte com a sociedade, como a Secretaria de Direitos Humanos, o Centro de Promoção da Liberdade Religiosa e Direitos Humanos e a própria Comissão de Combate à intolerância Religiosa.

"O livro é um dos maiores trabalhos interdisciplinares com foco na Intolerância religiosa. Com dados consistentes, demonstram como a intolerância religiosa cresce de acordo com o desconhecimento e preconceito das pessoas. A intolerância religiosa, o racismo e o preconceito são um dos maiores fenômenos sociais brasileiros", afirma o interlocutor da CCIR, o Babalawô Ivanir dos Santos.

O livro é uma consequência da parceria frutífera entre os diversos grupos religiosos participantes da CCIR, em prol do diálogo e da tolerância entre religiões. E eles estavam lá, marcando presença, como a escritora Helena Theodoro, Sami Isbelle, diretor do departamento educacional da Sociedade Brasileira Muçulmana do Rio, lado a lado de pagãs, hare krishna, com sua representante Raga Bhumi, Alexandre Pimentel, da Superintendência de Cultura e Território do Estado do Rio. Bispo Rodrigo Faddoul - Comunhão Celta Cristã, André Chevitarese - do Instituto de História (UFRJ), Carlos Meneses, Sheik Mahdi Soltani, Sheik Rodrigo Jalloul - da Comunidade Muçulmana Xiita, Paulo Maltz, da Federação Israelita do Rio, Glauce Franco, Defensoria Pública do Estado do Rio de Janeiro, Koinonia, Fierj, entre outros. Assim como apoiadores como FENEB, entre outros, estiveram presentes.

Herry Rosenberg foi enfático ao afirmar que "Não podia deixar de vir aqui, que agente possa ter um mundo de muita paz", alegou o presidente da Federação Israelita do Estado do RJ.

Diácono Nelson Águia - secretário da Comissão da Arquidiocese do Rio, ao lado de Fátima Damas (CEUB), sentenciou "Percebemos que de uns anos pra cá, a cosia vem piorando, mas o mal é pago com o bem, a solução é dialogarmos...".

Pai Renato e Mãe Mirian, foram os mestres de cerimônia e comandaram a festa, apresentando os convidados como grupo Awure Cia Musical, que atacou com cânticos; para Oxalá "Onisawurê" e ainda um hino no ritmo "avamunha". A Cia é especializada em interpretar as rezas e os cânticos sagrados de matriz africana, reeditados em uma linguagem musical contemporânea e, comprometidos com os elementos estéticos e míticos presentes na tradição africano-brasileira.

A Cia Musical Ás do Ouro, composta de 10 integrantes fizeram uma bela apresentação de dança, o projeto se baseia nas "facetas do malandro', resgatando a boemia, o galanteio do malandro. No palco, arrasaram na coreografia, embalados com as músicas: "Malandro Sou Eu" e "Malandro Batuqueiro".

Livro é produto de amplo estudo e pesquisa no país
Livro é produto de amplo estudo e pesquisa no país  


Martinho da Vila, também subiu o palco, e deu seu recado "Temos obrigação de estar juntos e aqui estou....". O jovem Dani Flomin, representante da comunidade judaica, encantou com o repertório "Yerushalayim Shel Zahav", e "Yesterday". Os ogãs Luis Fernando Barros, Fernando Barros e Alexandre Bahia, tocaram atabaques e cantaram músicas inter religiosas, da umbanda, candomblé, evangélica e católicas. Do Grupo do movimento "Intra-Religioso" de União Afro - MIRUA.

E assim, foi o lançamento com apresentação de diversos segmentos culturais, evocação mulçumana, rezas, atabaques, cantorias e afins. Foi aberto ao público, que lotou o espaço, na ABI. Em mais uma empreita no combate à intolerância religiosa.

Shalom, Salaam Aleikum, Axé, Amém....



Livro: Intolerância Religiosa no Brasil - Relatório e Balanço

Ano 2017
152 páginas
Edição Bilíngue - português e inglês
Kline Editora
Organizadores: Babalowô Ivanir do Santos / Maria das Graças O. Nascimento / Juliana B. Cavalcanti / Vítor Almeida


Fotos de Robson Moreira

 

Veja também:

>> Papa Francisco manda recado a Trump: "Palestina já é um Estado!"

>> Cármen Lúcia pode assumir processo da Lava-Jato e denunciar delatados

>> Preferido pelos delatados para o STF, Alexandre Moraes é filiado ao PSDB

>> Nos protestos contra Trump brasileiro monta chapa com Lula e Bolsonaro

>> Milagre: Valdemiro levanta R$ 8 mi com fieis para pagar espaço na TV

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook
  •  
  •  
  •  comentário(s)
  •  
 
Intolerância Religiosa: livro fala sobre a praga que atormenta o Brasil contemporâneo
 

Copyright 2017 - WebRadio Programa Conexão - Todos os direitos reservados

Desenvolvido por Go2web

Está no seu momento de descanso né? Entao clique aqui!