• Ouça a Rádio
  • Galeria de Fotos
  • Vídeos
  • Facebook
  • Twitter
SELECT TOP 3 B.Codigo , B.Nome_Arquivo , B.Href , B.Descricao FROM Banner B WHERE B.Publicar = 1 AND B.Data_Expiracao >= 20180814 AND B.[1pagina] = 1 AND B.Cod_Tipo_Banner = 4 ORDER BY B.Data_Publicacao DESC, codigo DESC
Conexão Jornalismo é o primeiro site do país a merecer o selo verde.
Planvale

Busca

 
Audiência na TV

Segunda-feira, 13 de Agosto de 2018

Globo bate forte em Aécio Neves e Anastasia - vídeo
Audiência na TV

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook

Conexão TV

Quarta-feira, 08 de Agosto de 2018

"Chandler Bing", de Friends, é internado às pressas nos EUA

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook
VER +

Galeria de Fotos

 
 

 
 

Comunidade

home > notícias conexão

Notícias Conexão

 

Sexta-feira, 25 de Maio de 2018

Bonecas com vitiligo para ajudar a quebrar o preconceito

Foto divulgação: doença autoimune
Foto divulgação: doença autoimune


A vitiligo é uma doença cuja a origem ainda hoje é desconhecida. Mas especula-se que ela teria a ver com trauma e fortes ondas de estresse. Mas, mesmo sendo rara, seus portadores, que apresentam a falta de pigmentação da pele, sofrem preconceitos. E para reduzir o trauma e aumentar a aceitação pelos portadores, especialmente crianças, a artista Kay Black, também conhecida como Kay Customz, encontrou em seu trabalho uma maneira de ajudar os pequenos com a doença.

Ela decidiu produzir bonecas que carregam na "pele" sinais semelhantes aos das futuras donas. Elas mandam suas próprias imagens para Kay, que reproduz fielmente a imagem nas bonecas. Até mesmo o contorno das áreas da pele que ficaram esbranquiçadas devido à despigmentação são fielmente reproduzidas nos brinquedos encomendados.

A doença, autoimune, possui diversas opções terapêuticas, que variam conforme o quadro clínico de cada paciente. Não é uma doença contagiosa e não traz prejuízos a saúde física. No entanto, as lesões provocadas pela doença não raro impactam significativamente na qualidade de vida e na autoestima do paciente. Nesses casos, o acompanhamento psicológico pode ser recomendado.

O vitiligo pode afetar pessoas de todos os tipos de pele, mas costuma ser mais perceptível em pessoas com pele mais escura. O tratamento para vitiligo pode desacelerar a doença e até mesmo melhorar a aparência da pessoa. Apesar de existir cura, ela não depende exclusivamente do método terapêutico, mas sim da reação do organismo a esse método.

Atinge cerca de 1% da população e em 30% dos casos a ocorrência é genética, e apesar de acometer pessoas de todas as etnias, a doença torna-se mais evidente nas pessoas de pele negra. O aparecimento da doença não está relacionada com nenhuma idade, mas os surtos parecem estar concentrados entre os 20 e 30 anos.

 

Veja também:

>> Estudantes da PUC/SP querem contratação de professora negra

>> Morgan Freeman é acusado por oito mulheres de abuso sexual

>> Começa a faltar cerveja no mercado. Caminhoneiro pode começar a se.. você sabe!

>> Atriz envolvida em seita arregimentava mulheres para estupro

>> Caminhoneiros: golpistas e poderosos, eles ameaçam parar o Brasil

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook
  •  
  •  
  •  comentário(s)
  •  
 
Bonecas com vitiligo para ajudar a quebrar o preconceito
 

Copyright 2018 - WebRadio Programa Conexão - Todos os direitos reservados

Desenvolvido por Go2web

Está no seu momento de descanso né? Entao clique aqui!