• Ouça a Rádio
  • Galeria de Fotos
  • Vídeos
  • Facebook
  • Twitter
SELECT TOP 3 B.Codigo , B.Nome_Arquivo , B.Href , B.Descricao FROM Banner B WHERE B.Publicar = 1 AND B.Data_Expiracao >= 20210226 AND B.[1pagina] = 1 AND B.Cod_Tipo_Banner = 4 ORDER BY B.Data_Publicacao DESC, codigo DESC
Conexão Jornalismo é o primeiro site do país a merecer o selo verde.
Planvale

Busca

 

Conexão TV

Quinta-feira, 25 de Fevereiro de 2021

Danilo Gentili diz que Marcius Melhem quer silenciá-lo

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook
VER +

Galeria de Fotos

 
 

 
 

Comunidade

home > conexão tv

Conexão TV

 

Terça-feira, 22 de Dezembro de 2020

Ludmila: cantora pop deixa redes sociais para escapar do racismo

Ludmila sai das redes para enfrentar racismo
Ludmila sai das redes para enfrentar racismo


Redes sociais são como tatuagem para esta turma que nasceu no final do século passado junto ao advento da Internet. E não seria diferente com a cantora carioca Ludmila, 25 anos, nascida em Caxias, na Baixada Fluminense. Gospel, ela faz uma música que nada tem de caráter religioso. É casada com uma mulher, Brunna Gonçalves, e não hesita em aparecer fazendo poses sensuais em vídeos ou fotografias.


Mas o fato é que seu crescimento profissional e financeiro não a tem poupado de ataques homofóbicos e racistas. Ela deletou suas contas na sexta-feira (18) após receber, mais uma vez, vários ataques. A artista havia acabado de lançar im novo videoclipe: "I Love You Too", com participação de Orochi.


Mas ela não está disposta a ficar calada diante das ofensas cotidianas. Uma equipe está coletando e dando print nos ataques virtuais para entregar a polícia e exigir punição.

Em uma nota, a assessoria esclareceu:

- A cantora já havia reclamado com sua equipe sobre os ataques racistas que vinha sofrendo, chegando até a responder alguns tweets. Tais ataques vêm ocorrendo ao longo da carreira de Ludmilla que, como é sabido, vem se posicionando não só contra crimes de raça, mas também de gênero.

O vídeo que lhe garantiu o prêmio Multishow, foi o estopim para a onda racista.

 

Veja também:

>> Gabeira, o Guerrilheiro impagável

>> Crivella é preso no Rio em Operação da Polícia Civil

>> Morre aos 87 anos a atriz Nicette Bruno

>> Racismo: Gerson do Fla denuncia racismo de jogador do Bahia e derruba treinador

>> Empresária é presa por ato racista em Campo Grande

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook
  •  
  •  
  •  comentário(s)
  •  
 
Ludmila: cantora pop deixa redes sociais para escapar do racismo
 

Copyright 2021 - WebRadio Programa Conexão - Todos os direitos reservados

Desenvolvido por Go2web

Está no seu momento de descanso né? Entao clique aqui!