• Ouça a Rádio
  • Galeria de Fotos
  • Vídeos
  • Facebook
  • Twitter
SELECT TOP 3 B.Codigo , B.Nome_Arquivo , B.Href , B.Descricao FROM Banner B WHERE B.Publicar = 1 AND B.Data_Expiracao >= 20181117 AND B.[1pagina] = 1 AND B.Cod_Tipo_Banner = 4 ORDER BY B.Data_Publicacao DESC, codigo DESC
Conexão Jornalismo é o primeiro site do país a merecer o selo verde.
Planvale

Busca

 

Conexão TV

Sábado, 03 de Novembro de 2018

Alec Baldwin é preso após confusão em estacionamento

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook
VER +

Galeria de Fotos

 
 

 
 

Comunidade

home > conexão tv

Conexão TV

 

Terça-feira, 28 de Agosto de 2018

Bolsonaro apela para discurso de Roberto Marinho e constrange Bonner no JN

Bolsonaro levou ampla vantagem sobre seus sabatinadores
Bolsonaro levou ampla vantagem sobre seus sabatinadores

A sabatina entre os candidatos à Presidência da República no Jornal Nacional, que teve prosseguimento nesta terça-feira (28) com a entrevista de Jair Bolsonaro, não poderia ter sido mais positiva para o candidato da extrema direita. Ele não vacilou e atacou a Globo quando se sentia pressionado pela bancada de entrevistadores ocupada por William Bonner e Renata Vasconcelos. Os dois, ao contrário do ocorrido a Ciro Gomes, se mostraram dóceis e até submissos aos tons mais elevados do sabatinado.


Primeiro ele, ao falar sobre a diferença de salários entre homens e mulheres, lembrou que na Globo a realidade do contrato de Pessoa Jurídica é uma realidade embora já tenha sido considerado ilegal.

Leia aqui sobre a participação de Ciro Gomes no JN

Com a mão esquerda ostentando a velha cola que já tinha levado para o debate na Band, revelando que preferiu assumir o artifício que memorizar, Bolsonaro também reagiu com virulência quando falou sobre a violência e lembrou que o apresentador, William Bonner, já esteve em poder de criminosos na sua própria casa.

Por fim, ao falar sobre a fala do seu vice, o general Mourão, que insinuou que poderia haver um golpe militar no país, Bolsonaro lembrou que o dono da Globo, Roberto Marinho, morto há uma década, defendeu a ditadura implantada em 1964. No texto, repetido por Bolsonaro, Marinho exaltava o golpe

Constrangido, Bonner pediu para interromper, mas acabou se referindo ao ano atual como 2021 em vez de 2018.

O mais despreparado candidato à presidência deu um baile no editor do Jornal Nacional.

Para ler o editorial de Roberto Marinho repetido por Bolsonaro e que constrangeu Bonner clique aqui

Assista a um momento de embate entre Renata Vasconcelos e Bolsonaro:

 

Veja também:

>> Álvaro Dias acusa Globo de mudar regras da sabatina para excluí-lo - vídeo

>> A história de Pablo Escobar contada via Javier Bardem e Penélope Cruz - vídeo

>> Propostas de candidatos para a Segurança seguem modelos inócuos

>> Juiz da Lava-Jato do Rio libera Adriana Ancelmo para o trabalho com tornozeleira

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook
  •  
  •  
  •  comentário(s)
  •  
 
Bolsonaro apela para discurso de Roberto Marinho e constrange Bonner no JN
 

Copyright 2018 - WebRadio Programa Conexão - Todos os direitos reservados

Desenvolvido por Go2web

Está no seu momento de descanso né? Entao clique aqui!