• Ouça a Rádio
  • Galeria de Fotos
  • Vídeos
  • Facebook
  • Twitter
SELECT TOP 3 B.Codigo , B.Nome_Arquivo , B.Href , B.Descricao FROM Banner B WHERE B.Publicar = 1 AND B.Data_Expiracao >= 20191019 AND B.[1pagina] = 1 AND B.Cod_Tipo_Banner = 4 ORDER BY B.Data_Publicacao DESC, codigo DESC
Conexão Jornalismo é o primeiro site do país a merecer o selo verde.
Planvale

Busca

 

Conexão TV

Quinta-feira, 10 de Outubro de 2019

Guga Chacra "esculacha" Eduardo Bolsonaro

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook
VER +

Galeria de Fotos

 
 

 
 

Comunidade

home > conexão tv

Conexão TV

 

Terça-feira, 28 de Maio de 2019

A mais ampla pesquisa sobre drogas feita no país é engavetada por Bolsonaro

Pesquisa rasgada: além de dinheiro, tempo e conhecimento
Pesquisa rasgada: além de dinheiro, tempo e conhecimento


Um dos centros de pesquisa em saúde pública mais importantes do mundo, a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) usou seus cientistas e técnicos para realizar a mais longa e detalhada pesquisa sobre o consumo de drogas do Brasil jamais feita no Brasil. Encerrado o estudo, o governo Bolsonaro decidiu jogá-la no lixo. A razão inconfessável? Foi encomendada pelo governo da presidente Dilma Rousseff (PT). O levantamento seria fundamental para embasar políticas públicas no setor.



A fundação realizou a pesquisa após vencer um edital do governo, e recebeu R$ 7 milhões pelo trabalho que foi concluído em 2017. O veto à publicação das informações surpreendeu o meio científico.

Para pessoas ligadas ao universo policial, há uma preocupação no governo Bolsonaro de não instituir programas que excluam o uso de drogas e a repressão policial - mote de campanha do candidato. Trabalhos de Educação e reinserção de jovens na sociedade não são prioritários para este governo.


Um dos argumentos usados oficialmente pelo ministro da Cidadania, Osmar Terra, para repudiar o estudo é que ele não aponta a existência de uma epidemia de drogas nas cidades. Ele é o porta-voz do governo para reagir ao estudo. Em entrevista ao jornal O Globo ele reagiu:

"Eu não confio nas pesquisas da Fiocruz .Se tu falares para as mães desses meninos drogados pelo Brasil que a Fiocruz diz que não tem uma epidemia de drogas, elas vão dar risada. É óbvio para a população que tem uma epidemia de drogas nas ruas. Eu andei nas ruas de Copacabana, e estavam vazias. Se isso não é uma epidemia de violência que tem a ver com as drogas, eu não entendo mais nada. Temos que nos basear em evidências."

Outro agravante é que o governador do Rio, Wilson Witzel (PSC) é outro defensor das guerras armadas contra o tráfico. Recentemente ele entrou em um helicóptero para orientar o confronto com traficantes. É dele também a orientação para que atiradores de elite mirem "na cabecinha" de suspeitos de crimes.

 

Veja também:

>> Mídia tenta "mitificar" Bolsonaro

>> As desgraças que rondam o país na gestão Bolsonaro seriam obra do acaso?

>> Papa recebe cacique Raoni que denuncia ameaças do agronegócio

>> Faustão critica Bolsonaro ao vivo na TV - vídeo

>> Paulo Freire: esperança

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook
  •  
  •  
  •  comentário(s)
  •  
 
A mais ampla pesquisa sobre drogas feita no país é engavetada por Bolsonaro
 

Copyright 2019 - WebRadio Programa Conexão - Todos os direitos reservados

Desenvolvido por Go2web

Está no seu momento de descanso né? Entao clique aqui!