• Ouça a Rádio
  • Galeria de Fotos
  • Vídeos
  • Facebook
  • Twitter
Conexão Jornalismo é o primeiro site do país a merecer o selo verde.
Planvale

Busca

 

Conexão TV

Sexta-feira, 21 de Julho de 2017

A mosca que caiu na sopa do apresentador da Record - vídeo

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook
VER +

Galeria de Fotos

 
 

 
 

Comunidade

home > colunas > verde > rio mais 20

Verde - Rio Mais 20

 

Quinta-feira, 09 de Março de 2017

Respeitômetro: ciclistas usam régua para educar carros sobre distância

Regula gigante para educar motoristas
Regula gigante para educar motoristas
Palco de um dos mais trágicos atropelamentos contra ciclistas da história, Porto Alegre faz escola quando o assunto é pedalar. Um modelo gigante de régua foi instituído para obrigar motoristas a respeitarem o espaço destinados aos que preferem pedalar. A ação aconteceu na manhã de sol desta quinta-feira (9) na Avenida Wenceslau Escobar e foi publicada no jornal Zero Hora.

Por: Jéssica Rebeca Weber

Na auto-escola, os instrutores ensinam: o motorista precisa manter uma distância mínima de 1,5 metro dos ciclistas. Nas ruas, quem anda de bicicleta aprende: poucos carros respeitam essa regra.

Mas na manhã desta quinta-feira, um grupo de ciclistas exigiu que cada centímetro fosse respeitado. Em uma ação organizada pelo Detran-RS e movimentos ligados ao ciclismo, foram acopladas às bicicletas estruturas que marcavam a distância exigida pelo Código de Trânsito Brasileiro. O grupo pedalou com o "respeitômetro" - uma régua de metal feita para marcar o metro e meio da lei - por trecho da Avenida Wenceslau Escobar, junto ao cruzamento com a Otto Niemeyer, na Zona Sul de Porto Alegre.

- É uma pena, mas muita gente tem medo de andar de bicicleta na cidade. Carros passam grudados e não pensam que na bicicleta vai uma pessoa, uma mãe, um filho, alguém que está sendo esperado em casa - diz Gilberto Flach, integrante do núcleo de cicloatividade do Laboratório de Políticas Públicas e Sociais (Lappus).

Não demorou muito para os ciclistas repararem que nem o "respeitômetro" asseguraria a segurança dos ciclistas durante a ação. Membro da Mobicidade, José Antônio Martinez conta que um taxista encostou o veículo na estrutura acoplada à bicicleta.

- Isso acontece todos os dias. Dessa vez só entortou o metal, mas, no dia a dia, quem fica caído é o ciclista. O machucado registrado como acidente é na verdade um atendado contra o ciclista - salienta.

Ildo Mário Szinvelski, diretor-geral do Detran/RS, lembra que os números de ciclistas mortos no trânsito tem caído no Rio Grande do Sul: despecaram de 178 em 2007 para 88 no ano passado. Mas a conscientização segue sendo essencial.

- O ciclista que está partilhando o espaço público com os demais não é um intruso. Ele tem o direito de partilhar esse espaço com segurança - diz.

Chamado de Dia de Mobilização pela Segurança de Ciclistas, o evento realizado na Zona Sul marca o início de uma campanha que deve se estender também para outras cidades gaúchas. Além da Mobicidade, do Lappus e do Detran, a Associação de Ciclistas de Porto Alegre (ACPA) também integrou a ação.

 

Veja também:

>> Morto há mais de dois meses, George Michael ainda não foi sepultado

>> Boulos é demitido da Folha. Alencar não se demitiu do Blog do Noblat

>> As seis vidas que restam a Chico Alencar

>> Caetano entra na defesa da legalização da maconha - vídeo

>> E que tal se Moro se submetesse ao crivo das urnas?

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook
  •  
  •  
  •  comentário(s)
  •  
 
Respeitômetro: ciclistas usam régua para educar carros sobre distância
 

Copyright 2017 - WebRadio Programa Conexão - Todos os direitos reservados

Desenvolvido por Go2web

Está no seu momento de descanso né? Entao clique aqui!