• Ouça a Rádio
  • Galeria de Fotos
  • Vídeos
  • Facebook
  • Twitter
Conexão Jornalismo é o primeiro site do país a merecer o selo verde.
Planvale

Busca

 
Audiência na TV

Segunda-feira, 03 de Agosto de 2020

Felipe Neto critica Globo e CNN em entrevista na Globonews - vídeo
Audiência na TV

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook

Conexão TV

Quinta-feira, 06 de Agosto de 2020

Netflix: Rede de Ódio é um filme obrigatório nestes tempos

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook
VER +

Galeria de Fotos

 
 

 
 

Comunidade

home > colunas > verde > água

Verde - Água

 

Terça-feira, 14 de Janeiro de 2020

Seca no RS: camponeses perdem produção e alimento poderá escassear

Seca está esturricando a terra e alimentos
Seca está esturricando a terra e alimentos
Imagem MPA

A severa estiagem que vem atingindo o Rio Grande do Sul - algumas regiões do estado estão com baixa precipitação desde o início de novembro - vem alertando diferentes segmentos para a escassez de gêneros alimentícios importantes para o autoconsumo das famílias camponesas e também para as populações urbanas. O Movimento dos Pequenos Agricultores (MPA) está reforçando seu alerta junto às autoridades para que não se espere mais tempo para colocar em prática políticas emergenciais de suporte aos pequenos produtores atingidos, especialmente àqueles que tem nas culturas afetadas o principal meio de sustento de suas famílias.


Rosiele Ludke, dirigente do movimento e camponesa que integra o coletivo de produção agroecológica "Flor(e)Ser Agroecológico", no município de Paraíso do Sul, faz um relato da situação: "Ficamos um bom tempo sem chuva nenhuma e quando ela veio foi desigual, alguns lugares com boa precipitação e outros com praticamente nada". A respeito dos camponeses que se dedicam à produção de itens que tradicionalmente são vendidos diretamente aos consumidores nas feiras agroecológicas, a leitura de Ludke é pontual: "Quem tem possibilidade de usar irrigação - e é sempre bom deixar claro que esse tipo de recurso faz aumentar o custo da produção - está conseguindo manter, mas quem não tem está perdendo tudo, isso já deve ser notado pelos consumidores nas feiras desta e da próxima semana".

Se confirmadas as previsões que apontam para manutenção da estiagem entrando fevereiro, mesmo os cultivos irrigados vão ser atingidos. "Água de beber já está faltando para muita gente e isso vai se agravando diariamente", aponta a camponesa, explicando que não tardará a faltar água também para manter o ritmo de irrigação necessário aos cultivos, uma vez que os reservatórios estão ficando com volume muito baixo também. "Verduras, legumes e frutas vão escassear nas bancas, feiras e mercados, obrigando os comerciantes a comprar mais produtos vindos de longe, que são mais caros e normalmente são produzidos utilizando adubos e venenos químicos altamente nocivos para a saúde", explica ela.

Reportagem do site do Movimento dos Pequenos Agricultores. Para ler a reportagem completa clique aqui

 

Veja também:

>> Personagem central da trama, Dilma parabeniza Petra por indicação ao Oscar

>> O artigo de "Isabel do Vôlei" e a cultura que vai caindo pelas tabelas

>> Democracia e Vertigem: filme brasileiro que retrata o golpe vai disputar o Oscar

>> Cineasta faz mini-doc para se despedir de bairro carioca - Vídeo

>> Moro não foi demitido por pedido de general

>> Frei Betto: Mais dos ricos, menos dos pobres

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook
  •  
  •  
  •  comentário(s)
  •  
 
Seca no RS: camponeses perdem produção e alimento poderá escassear
 

Copyright 2020 - WebRadio Programa Conexão - Todos os direitos reservados

Desenvolvido por Go2web

Está no seu momento de descanso né? Entao clique aqui!