• Ouça a Rádio
  • Galeria de Fotos
  • Vídeos
  • Facebook
  • Twitter
Conexão Jornalismo é o primeiro site do país a merecer o selo verde.
Planvale

Busca

 

Conexão TV

Quinta-feira, 17 de Maio de 2018

Eloisa Mafalda morre aos 93 anos

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook
VER +

Galeria de Fotos

 
 

 
 

Comunidade

home > colunas > verde > água

Verde - Água

 

Sexta-feira, 27 de Outubro de 2017

Macarrão e aveia salvaram a vida de duas navegadoras solitárias por cinco meses

Mulheres e cães à deriva no Pacífico
Mulheres e cães à deriva no Pacífico
Uma aventura típica de filme de ação. Duas mulheres e dois cães resolvem enfrentar o Pacífico e navegar do Hawaii ao Taiti. Estavam com equipamentos de última geração, comida, água e dois cães inseparáveis. Eis que próximo da chegada ao destino a coisa desandou. O motor do barco parou e se viram ao abandono, durante cinco meses, até finalmente serem resgatadas.

Jennifer Appel e Tasha Fuiaba partiram do Havaí para o Taiti em um pequeno barco à vela, mas durante a viagem o motor foi afetado pelo mau tempo e acabou falhando.
A embarcação ficou, então, flutuando no mar cerca de 1.500 km a sudeste do Japão.
Elas foram resgatadas após uma embarcação pesqueira alertar autoridades americanas.
A Marinha informou, por meio de um comunicado, que a dupla achou inicialmente que poderia alcançar terra firme contando com vento e velas.

"Mas dois meses depois de iniciada sua jornada, quando originalmente estimaram que chegariam ao Taiti, elas começaram a fazer chamadas de socorro", acrescentou o comunicado.

Segundo a Marinha americana, as mulheres continuaram emitindo pedidos de socorro diários, mas seus sinais não eram captados porque elas não estavam perto o suficiente de outros veleiros ou de estações em terra.

Comida seca garantiu sobrevivência
Comida seca garantiu sobrevivência  


Mas, em 24 de outubro, um navio de pesca de Taiwan viu o barco balançando no oceano e informou às autoridades no território americano de Guam, no Pacífico.
O barco da Marinha dos EUA, o USS Ashland, estava na área e chegou no dia seguinte para resgatar as velejadoras - ambas de Honolulu - e seus cachorros.

"Eles salvaram nossas vidas", disse Appel, acrescentando: "O orgulho e os sorrisos que demos ao vê-los (a Marinha dos Estados Unidos) no horizonte foi puro alívio".
A tripulação à deriva conseguiu sobreviver a esse período graças a um purificador de água e a uma grande quantidade de alimentos secos, como aveia e macarrão.

 

Veja também:

>> Gabriel O pensador diz que estão tentando tirar do ar "Eu matei o presidente"

>> Paródia do The Voice tem como tema Reforma Trabalhista

>> Mais do mesmo: Exército e PM nas ruas do Rio

>> Bufões do STF trocam acusações graves em meio a olhar complacente de Cármen - vídeo

>> Caso Cancellier e palavrório no STF fazem ressuscitar lei do abuso

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook
  •  
  •  
  •  comentário(s)
  •  
 
Macarrão e aveia salvaram a vida de duas navegadoras solitárias por cinco meses
 

Copyright 2018 - WebRadio Programa Conexão - Todos os direitos reservados

Desenvolvido por Go2web

Está no seu momento de descanso né? Entao clique aqui!