• Ouça a Rádio
  • Galeria de Fotos
  • Vídeos
  • Facebook
  • Twitter
Conexão Jornalismo é o primeiro site do país a merecer o selo verde.
Planvale

Busca

 

Conexão TV

Sábado, 03 de Novembro de 2018

Alec Baldwin é preso após confusão em estacionamento

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook
VER +

Galeria de Fotos

 
 

 
 

Comunidade

home > colunas > verde > água

Verde - Água

 

Quinta-feira, 18 de Janeiro de 2018

444 contêineres escondiam madeira extraída ilegalmente da Floresta Amazônica


Difícil imaginar como é possível extrair tanta madeira em uma floresta e a polícia só ficar sabendo tempos depois. Mas é o que ocorre há séculos na Amazônia. Hoje, com tanto aparato de vigilância disponível como satélites, drones, helicópteros e etc, é inaceitável que o crime que envolve descaso e ganância possa continuar sendo tolerado.



Alex Rodrigues - Repórter da Agência Brasil

Policiais federais e fiscais do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) deflagraram hoje (18), em Manaus, uma nova operação contra a extração ilegal de madeira da floresta amazônica.

Batizada de Operação Arquimedes, a ação é o resultado de investigação iniciada há mais de um mês e que já resultou na apreensão de 444 contêineres com madeira ilegal, que seria enviada para comerciantes da Europa, dos Estados Unidos e de outros estados brasileiros.

Em nota, a PF informou que, se disposto lado a lado, em linha, o volume de material apreendido seria suficiente para cobrir um percurso de 1.500 km, quase a distância entre Brasília e Salvador.

A apuração começou a partir de um alerta da Receita Federal. Os policiais federais e fiscais do Ibama identificaram fraudes nos Documentos de Origem Florestal (DOFs), que deveriam atestar a legalidade da extração e da origem da madeira.

Em nota, a PF explicou que a madeira confiscada por ilegalidades na documentação foi extraída em Roraima, Rondônia e no Amazonas. Os investigadores tentam identificar as pessoas físicas e jurídicas envolvidas no esquema, que responderão de acordo com a Lei de Crimes Ambientais e também por receptação de material ilícito, crime previsto no Código Penal.

 

Veja também:

>> "Mas mulher também assedia sim"

>> A juíza que silenciou Moro não concede entrevista

>> A família fez onde 13 filhos viviam em cárcere privado

>> Pressão sobre TRF4 é legítima e urgente

>> Marcia Tiburi: Desde o golpe, País está num abismo e não há mais democracia

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook
  •  
  •  
  •  comentário(s)
  •  
 
444 contêineres escondiam madeira extraída ilegalmente da Floresta Amazônica
 

Copyright 2018 - WebRadio Programa Conexão - Todos os direitos reservados

Desenvolvido por Go2web

Está no seu momento de descanso né? Entao clique aqui!