• Ouça a Rádio
  • Galeria de Fotos
  • Vídeos
  • Facebook
  • Twitter
Conexão Jornalismo é o primeiro site do país a merecer o selo verde.
Planvale

Busca

 

Conexão TV

Sexta-feira, 21 de Julho de 2017

A mosca que caiu na sopa do apresentador da Record - vídeo

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook
VER +

Galeria de Fotos

 
 

 
 

Comunidade

home > colunas > transportes > avião

Transportes - Avião

 

Quarta-feira, 15 de Março de 2017

Explosão de fone de ouvido em voo faz ressurgir apelos para proibição de equipamentos

Da Redação

Não é boato, lenda urbana ou propaganda difamatória da concorrência. Alguns aparelhos, dotados de baterias, podem sim explodir ou entrar em combustão por conta da altitude. Um caso ocorrido com uma passageira que viajava da China à Austrália, ocorrido esta semana, chama a atenção. A mulher ficou com o rosto chamuscado.



O avião voava de Pequim à Melbourne. A passageira, que não foi identificada, relatou à Agência de Segurança de Transporte da Austrália (ATSB na sigla inglesa) que estava ouvindo música quando ocorreu a explosão. "Leveis aos mãos ao rosto, o que fez com que o fone de ouvido ficasse em volta do meu pescoço. Mas continuei a me sentir queimando, então arranquei o fone e o joguei no chão. Ele estava soltando faíscas e pegando fogo", disse ela. O incidente a deixou com manchas negras no rosto e bolhas nas mãos.

Membros da tripulação correram para ajudá-la. Para apagar o fogo, jogaram um balde de água sobre os fone. A bateria e o revestimento de plástico derreteram e grudaram no chão da aeronave.

"Os passageiros passaram o restante do voo sentido cheiro de plástico derretido e cabelo queimado," informou a agência australiana. O relatório não menciona a marca do fone de ouvido, mas aponta que uma das possíveis causas da explosão teria sido uma falha nas baterias de íon-lítio.

Fone de ouvido também deixou bolhas na mãoDireito de imagemAUSTRALIAN TRANSPORT
A ATSB alertou que "à medida que cresce a gama de produtos que usam baterias, aumenta o potencial de problemas em vôos" e divulgou outros casos com problemas semelhantes ocorridos em voos.

No ano passado, a decolagem de um avião em Sydney foi interrompida quando foi detectado que estava saindo fumaça do compartimento de bagagem de mão. Descobriu-se que uma bateria de lítio pegara fogo dentro de uma peça de bagagem.

Em outro voo, nos Estados Unidos, um aparelho eletrônico começou a soltar fumaça depois de ser esmagado sob um assento.

Uma falha das baterias do modelo Galaxy Note 7, da Samsung, fez com que vários aparelhos superaquecessem, pegassem fogo e derretessem - como incidentes registrados no ano passado também ocorreram dentro de aviões, esse modelo específico foi banido de voos internacionais.

A Samsung fez um recall do Galaxy Note e a produção desse modelo foi interrompida.

Da BBC

 

Veja também:

>> Nilmário Miranda inclui Frei Gilberto no Programa de Proteção - vídeo

>> Justiça mantém proibição da cobrança por bagagem

>> Morto por suspeita de febre amarela procurou hospital três vezes

>> Botando Pilha: blogueiro grita "Globo Golpista" durante Vivo da Globonews

>> Francis Ivanovich: entrevista com Fernando Fraiha diretor de La Vingança - vídeo

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook
  •  
  •  
  •  comentário(s)
  •  
 
Explosão de fone de ouvido em voo faz ressurgir apelos para proibição de equipamentos
 

Copyright 2017 - WebRadio Programa Conexão - Todos os direitos reservados

Desenvolvido por Go2web

Está no seu momento de descanso né? Entao clique aqui!