• Ouça a Rádio
  • Galeria de Fotos
  • Vídeos
  • Facebook
  • Twitter
Conexão Jornalismo é o primeiro site do país a merecer o selo verde.
Planvale

Busca

 

Galeria de Fotos

 
 

 
 

Comunidade

home > colunas > trabalho/emprego

Trabalho/Emprego

 

Domingo, 13 de Maio de 2018

Zuzu Angel teria sido morta a mando de Geisel, afirma Hilde

Zuzu: morte teria sido autorizada por Geisel
Zuzu: morte teria sido autorizada por Geisel
Ao ressuscitar os mortos da ditadura militar, para ofuscar o golpe presente, os jornais da velha mídia tem conseguido atenção de muita gente boa. A colunista do recém reeditado Jornal do Brasil, Hildegard Angel, em entrevista concedida ao próprio jornal, disse textualmente saber que sua mãe, a estilista Zuzu Angel, foi morta em 1976, após decisão do então presidente da ditadura, Ernesto Geisel.

A entrevista foi publicada no sábado (12). Zuzu, que procurava o paradeiro do filho, Stuart Angel, preso nos porões do Exército, foi executada após o carro em que seguia ser atirado de um viaduto próximo ao túnel Dois Irmãos. "O caso de minha mãe está mais do que esclarecido. Não foi um acidente."

De acordo com a colunsita, "aqui no Brasil queimaram toda a documentação. Houve queima de arquivos. Fizemos um pacto sinistro. Houve um corporativismo fechado, uma blindagem da história brasileira. Mas havia um documento lá na sede do grande irmão. Eles não contavam com isso", disse.

Hilde cita durante a entrevista o livro de Claúdio Guerra, que foi delegado do DOPS, sobre o período. "No livro ele diz que o coronel Freddie Perdigão foi o organizador da emboscada encomendada que matou a minha mãe em 1976. Foi encomendada a ele diretamente pelo gabinete do Geisel". Claudio Guerra foi assassinado tempos depois de prestar depoimento à Comissão da Verdade. Seu crime nunca foi esclarecido.

Ela diz ainda que, na época, a Comissão da Verdade endossou o depoimento do Cláudio Guerra. "Portanto, o Estado reconheceu que o gabinete de Geisel chancelou o atentado".

- Precisamos nos convencer da monstruosidade da ditadura brasileira. Por isso, ainda vemos jornalistas importantes escrevendo que houve um acidente mal esclarecido. Quando mal esclarecidos estamos nós -disse.

Sobre a possibilidade de reabrir o caso ou não, ela diz que primeiro vai ouvir "o Nilo Batista, que ajudou na reconstituição da tortura e morte de meu irmão Stuart Angel, o Pedro Dallari, que ajudou no caso de minha mãe, e outras pessoas que possam me aconselhar, como o ex-deputado Nilmário Miranda. Depois tomarei a decisão", encerrou.

 

Veja também:

>> Justiça decreta prisão preventiva de dois milicianos de Duque de Caxias

>> Crítica & Literatura: Uma relação de amor e indiferença

>> Filho de Vlado quer que EUA liberem todos os arquivos envolvendo morte de seu pai

>> O blindado Beto Richa é denunciado por amigo de infância

>> Mães que tiveram filhos assassinados pelo estado ensaiam protesto

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook
  •  
  •  
  •  comentário(s)
  •  
 
Zuzu Angel teria sido morta a mando de Geisel, afirma Hilde
 

Copyright 2020 - WebRadio Programa Conexão - Todos os direitos reservados

Desenvolvido por Go2web

Está no seu momento de descanso né? Entao clique aqui!