• Ouça a Rádio
  • Galeria de Fotos
  • Vídeos
  • Facebook
  • Twitter
Conexão Jornalismo é o primeiro site do país a merecer o selo verde.
Planvale

Busca

 

Conexão TV

Segunda-feira, 27 de Março de 2017

Apresentadora chama estrela do Lolla de machista e misógino - vídeo

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook
VER +

Galeria de Fotos

 
 

 
 

Comunidade

home > colunas > trabalho/emprego

Trabalho/Emprego

 

Domingo, 19 de Março de 2017

Patrões vão chamar empregados para "convencê-los" a aderir a reforma da previdência

Imagem do livro de Ziraldo: só dói quando eu rio
Imagem do livro de Ziraldo: só dói quando eu rio

Esta matéria jornalística tinha que vir acompanhada da imagem ao lado. Trata-se de um livro do cartunista Ziraldo, de 1969, da época do jornal Pasquim. A razão explicamos agora: Você, empregado, que já se ligou que a reforma da previdência é uma bomba que irá atingir a você e aos demais trabalhadores que não gozam de vantagens próprias de algumas categorias especiais como magistrados, procuradores, servidores públicos de alta patente e militares, sofrerá uma pressão enorme daqui a alguns dias. A principal entidade das indústrias brasileiras, a Confederação Nacional da Indústria (CNI) vai iniciar campanha para que patrões de 300 mil empresas convençam os 10 milhões de trabalhadores de que o que é ruim é, na verdade, muito bom.



O plano maior para convencer será impor uma certeza na sua cabeça: se não fizer a mudança na previdência agora, te obrigando a trabalhar por 49 anos, faltará dinheiro no futuro (se vai faltar vida para você no futuro também, isso já é outra história). "O empregador precisa conscientizar o funcionário de que, se não houver mudança, não vai ter o que receber no futuro", diz o presidente da entidade, Robson Andrade.


A CNI também vai lançar propaganda pela reforma nas redes sociais (na sua página do Facebook, portanto, vai surgir esta verdade como pílula). Nas últimas semanas, fez reuniões para afinar o discurso sobre as mudanças que defenderá na internet. A ofensiva patronal pode dar novo fôlego a Michel Temer, que vê a resistência à proposta crescer no Congresso.

Portanto, se liga: vão querer fazer sua cabeça! Mas, vacinado que é, ria muito deles no banheiro.

 

Veja também:

>> Crivella teria pedido demissão de jornalista

>> Odebrechet acusa Aécio em propina de R$ 50 milhões

>> Pretensioso, Moreira Franco leva bordoada de internauta no Twitter

>> Datena e Maluf batem boca ao vivo na Band - áudio

>> Operado após-AVC, Arlindo Cruz permanece em estado grave

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook
  •  
  •  
  •  comentário(s)
  •  
 
Patrões vão chamar empregados para "convencê-los" a aderir a reforma da previdência
 

Copyright 2017 - WebRadio Programa Conexão - Todos os direitos reservados

Desenvolvido por Go2web

Está no seu momento de descanso né? Entao clique aqui!