• Ouça a Rádio
  • Galeria de Fotos
  • Vídeos
  • Facebook
  • Twitter
Conexão Jornalismo é o primeiro site do país a merecer o selo verde.
Planvale

Busca

 
Audiência na TV

Quarta-feira, 22 de Março de 2017

Fátima Bernardes deve desculpas ao país por vender "carne fraca"?
Audiência na TV

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook

Conexão TV

Sábado, 18 de Março de 2017

Datena e Maluf batem boca ao vivo na Band - áudio

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook
VER +

Galeria de Fotos

 
 

 
 

Comunidade

home > colunas > saúde > transplantes

Saúde - Transplantes

 

Segunda-feira, 07 de Setembro de 2015

Disque Transplantes sai do ar no Rio e três doadores são ignorados

Da Redação

Sem coração: problemas diversos dificultam transplantes no país
Sem coração: problemas diversos dificultam transplantes no país
Quando o repórter de Conexão Jornalismo telefonou para a Central de Transplantes do Rio na manhã desta segunda-feira (7), exatamente às 9h16, a atendente respondeu. Já estava tudo funcionando normalmente. Muito diferente do que ocorreu no sábado quando o telefone 155 estava fora do ar e isso levou a perda de órgãos de três doares. Estes poderiam ajudar a vida de número incalculável de pacientes que aguardam na fila do transplante no Rio.

Curiosamente, o Registro Brasileiro de Transplante (aqui) registrou queda no número de doadores no primeiro semestre de 2015. Diz o site da entidade:

Neste semestre, pela primeira vez desde 2007, observamos uma diminuição na taxa de potenciais doadores, de doadores efetivos e no número de transplantes de rim, de fígado e de pâncreas, em relação ao ano anterior.

A elevada taxa de recusa familiar à doação (44%) persiste como o principal obstáculo para a efetivação da doação, na maioria dos estados.

Nos transplantes renais não houve a recuperação esperada em relação ao 1º trimestre, e a queda comparada com 2014 foi de 6,3% no número de transplantes (9,7 pmp na taxa de transplantes), sendo essa diminuição de 2,6% com doador falecido e de 16,8% com doador vivo.

O número de transplantes hepáticos caiu 4,7%, com queda similar nos transplantes com doador vivo (4,0%) e falecido (4,7%).

Problema no Rio tem cara de desculpa



Por Fábio Lau

O Disque-Transplante (155) não atendeu chamadas telefônicas por 12 horas no fim des semana. Com isso deixou de recolher órgãos e tecidos de três doadores. A desculpa da vez, num fim de semana com feriado, é que a companhia telefônica deixou mudo o único telefone. Pior do que o não atendimento e consequente indiferença para com a vida alheia (daqueles que receberiam órgãos e em muitos casos poderiam ser salvos) temos que aturar a resposta com jeito de desculpa cara de pau.

Vem cá: que tal instalar outro telefone na Central para evitar problema semelhante? O diretor do órgão deve estar aflito providenciando isso, né? Outra pergunta: quantos médicos estavam de plantão, inutilmente, esperando o telefone tocar? Ou, já que não tinha tel. funcionando mesmo, aproveitaram e foram à praia durante o plantão? A turma dali já ouviu falar em celular? E-mail? Skype? WhatsApp? Não à toa o Rio figurou durante anos na rabeira das doações.

A desculpa inicial, lá na década de 90, era a de que para alguns médicos o transplante de cadáveres feria princípios religiosos. Diziam que não reconheciam o desejo a doação feita por alguém já morto. O senador Darcy Ribeiro, à época, instituiu lei que transformava todo cidadão em doador em potencial. Quem não quisesse doar deveria ir ao registro civil e fazer constar na carteira a etiqueta: "Não Doador". O projeto foi aprovado, mas logo derrubado. Hoje (sábado) o telefone estava com defeito. Enquanto isso as empresas que fazem hemodiálise agradecem. Foram elas as maiores beneficiadas com a queda da lei de Darcy Ribeiro.

 

Veja também:

>> Em seis anos Rio perderá 40% dos atuais professores

>> EUA e Síria estão por trás da morte do menino Aylan. Por que não falamos sobre isso?

>> Música de Domingo: Tania Malheiros e "Os Pioneiros do Samba" no Municipal de Niterói

>> Infarto mata Luizito, intérprete oficial da Mangueira - vídeos

>> Lionel Messi e o Lapidador de Diamantes - por Sol Bagdadi

>> Acidente com ônibus deixa 15 mortos e mais de 60 feridos em Paraty - vídeos

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook
  •  
  •  
  •  comentário(s)
  •  
 
Disque Transplantes sai do ar no Rio e três doadores são ignorados
 

Copyright 2017 - WebRadio Programa Conexão - Todos os direitos reservados

Desenvolvido por Go2web

Está no seu momento de descanso né? Entao clique aqui!