• Ouça a Rádio
  • Galeria de Fotos
  • Vídeos
  • Facebook
  • Twitter
Conexão Jornalismo é o primeiro site do país a merecer o selo verde.
Planvale

Busca

 
Audiência na TV

Quinta-feira, 12 de Dezembro de 2019

Boa dica Netflix? "História de um casamento".
Audiência na TV

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook

Conexão TV

Quinta-feira, 12 de Dezembro de 2019

Charlie Sheen, a lenda, comemora dois anos longe das drogas

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook
VER +

Galeria de Fotos

 
 

 
 

Comunidade

home > colunas > saúde > bem estar

Saúde - Bem Estar

 

Sexta-feira, 02 de Agosto de 2019

Rio terá combate à Hanseníase a partir de segunda-feira

Os locais das manchas em geral se tornam menos sensíveis
Os locais das manchas em geral se tornam menos sensíveis

Mais de 10% dos casos de hanseníase registrados no mundo ocorrem no Brasil. A doença, que não escolhe sexo ou classe social para se manifestar, mas oportunidade, ainda está presente no país muito por conta do desconhecimento quanto aos perigos e diagnóstico. O país registra uma média de 2,8 casos por cem mil habitantes - o que é um número alarmante tendo em vista que o tratamento é gratuito e está disponível nos postos de saúde. Na próxima segunda-feira (5) começa uma campanha no Rio para que a doença seja debelada.



Começa nesta segunda-feira (5) o Roda-Hans pelo estado do Rio de Janeiro. O veículo itinerante que contempla cinco espaços para atendimentos clínicos e um espaço para realização de exames laboratoriais fará a primeira parada, de dois dias, em Irajá, na Zona Norte da Capital, seguindo depois para outros municípios fluminenses.


O Roda-Hans é um projeto do Ministério da Saúde iniciado em 2018, com apoio das coordenações estadual e municipais do Programa de Hanseníase e de instituições parceiras como a Novartis Brasil, a Dahw Brasil, a Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD) e as regionais (SBD-RJ e SBD-FL), além de especialistas em hanseníase e do Movimento de Reabilitação de pessoas atingidas pela hanseníase (MORHAN). A cada dia da ação, uma van levará os dermatologistas e residentes que se inscreveram para participar ao local onde a carreta estará estacionada. A saída será sempre às 7h, em frente à Secretaria Estadual de Saúde, na Rua México, 128, e regressando ao fim do dia.

O objetivo do projeto é, além de identificar casos de hanseníase, capacitar profissionais da Atenção Primária (AP) para diagnosticar e tratar clinicamente a hanseníase. Essa capacitação - e interface com a AP - terá sua segunda edição em 2019, no entanto, a carreta já percorre o país durante as campanhas há 10 anos.

Desta vez, o Roda-Hans fará um roteiro de oito semanas por cidades fluminenses, promovendo educação em saúde à população e capacitação aos profissionais locais. Outro objetivo é deixar um legado na rede de Atenção Primária à Saúde destes municípios, tendo como foco a descentralização e ampliação do cuidado às pessoas diagnosticadas com hanseníase.

- O Roda-Hans é um projeto que mobiliza a sociedade, gestores, especialistas e os profissionais da Atenção Primária, contribuindo com a capacitação nos municípios por onde passa, que é feita em dois tempos: o primeiro, a parte teórica, realizado antes da carreta chegar ao município. O segundo é a parte prática, realizada dentro da carreta - explica a coordenadora do Departamento de Hanseníase da SBD-RJ, Dra. Maria Kátia Gomes, professora adjunta e chefe do Departamento de Medicina em Atenção Primária da Faculdade de Medicina da UFRJ.

Além de Irajá (Rua do Encantamento, equina com Av. Monsenhor Félix, perto da saída do metrô) nos dias 5 e 6 de agosto, o Roda-Hans estará no dia 7 em Nova Iguaçu; no dia 9, em Belford Roxo; e, no dia 10, em Magé. Na segunda semana, a carreta segue para Mesquita (12 e 13), São Gonçalo (14 e 15) e Rio Bonito (16); e, na terceira semana, em Itaboraí (19 e 20) e São Pedro D'Aldeia (21, 22 e 23).

Na quarta semana, o Roda-Hans estará em Campos dos Goytacazes (26, 27 e 28) e Macaé (29 e 30). Já em setembro, será a vez de Itaperuna (2, 3 e 4), Santo Antônio de Pádua (5 e 6), Nova Friburgo (9, 10 e 11), Cordeiro (12 e 13), Vassouras (16, 17 e 18), Resende (19 e 20), Volta Redonda (23 e 24) e Angra dos Reis (25, 26 e 27).

 

Veja também:

>> Internautas creem que morte do pai que ofendeu filha na internet foi castigo - vídeo

>> Âncora do Jornal Hoje, Dony de Nuccio sai da Globo

>> MiniDoc: A Praça dos Prazeres - a história dos moradores de rua - vídeo

>> A Fábula do Rei Louco - Capítulo IV

>> Presidente do Itau dá oportunidade para se identificar o que é direita e esquerda

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook
  •  
  •  
  •  comentário(s)
  •  
 
Rio terá combate à Hanseníase a partir de segunda-feira
 

Copyright 2019 - WebRadio Programa Conexão - Todos os direitos reservados

Desenvolvido por Go2web

Está no seu momento de descanso né? Entao clique aqui!