• Ouça a Rádio
  • Galeria de Fotos
  • Vídeos
  • Facebook
  • Twitter
Conexão Jornalismo é o primeiro site do país a merecer o selo verde.
Planvale

Busca

 
Audiência na TV

Quinta-feira, 24 de Maio de 2018

Morgan Freeman é acusado por oito mulheres de abuso sexual
Audiência na TV

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook

Conexão TV

Quinta-feira, 24 de Maio de 2018

Atriz envolvida em seita arregimentava mulheres para estupro

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook
VER +

Galeria de Fotos

 
 

 
 

Comunidade

home > colunas > saúde > bem estar

Saúde - Bem Estar

 

Domingo, 24 de Dezembro de 2017

Garoto de 4 anos entrega presentes de Natal para garis em BH

Miguel entre os amigos: presente pelo segundo Natal consecutivo
Miguel entre os amigos: presente pelo segundo Natal consecutivo

O menino Miguel tem apenas 4 anos. Mas um coração deste tamanho. Que menino, nesta idade, se debruçaria na janela três vezes por semana para aguardar a passagem dos garis, a quem conhece pelo nome? Que menino, na idade em que começam a jogar videogame, ficaria tocado com o fato dos amigos garis trabalharem sempre, mesmo nos feriados, para deixar a rua impecavelmente limpa? Pois é. E neste Natal, assim como no outro que passou, ele fez um pedido a Papai Noel, e foi atendido: que seus pais dessem presentes para os amigos garis.



Miguel mora em um bairro proletário cujo nome diz muito: Conjunto Felicidade, na região norte da capital, Belo Horizonte, em Minas Gerais. Segundo a mãe, Junia Santos, os garis são velhos conhecidos: desde um ano o menino se sentia atraído pela presença na rua do mesmo grupo vestido com uniforme. E, pouco a pouco, passou a conhecê-lo, cumprimentá-lo e chamar um a um pelo nome. E a ser correspondido.

Junia conta que Miguel, desde esta idade, ficava na janela aguardando o caminhão da coleta de lixo passar. "Todas as segundas, quartas e sextas-feiras, era a mesma coisa. Os garis esperavam o Miguel chegar à janela ou ficavam chamando por ele no portão. Com isso foi criando uma amizade. Tanto que ele refere aos garis como "meus amiguinhos'", conta ela.

Esta não foi a primeira vez que Miguel presenteou a turma. Foi o segundo Natal em que pediu de presente presentes para "os amiguinhos". "Nós compramos essas lembrancinhas como forma de agradecimento pelo trabalho, o respeito e o cuidado deles com o Miguel, sem querer nada em troca. Eles entendem o valor da amizade inocente de uma criança", ressalta Junia.

O que o menino não sabe, mas vai descobrir mais tarde, é que Papai Noel existe sim. Mora no bairro Felicidade e se chama Miguel.

Feliz Natal!

 

Veja também:

>> Controle remoto na mão: Temer vai à sua casa desejar "bom Natal"

>> Gilmar Mendes vai processar juiz que o acusa de receber propina de Garotinho

>> Venezuela expulsa embaixador brasileiro por "grosseira e vulgar intromissão"

>> Capataz da ditadura, Marin pode pegar até 120 anos de prisão

>> Maluf, aos 86 anos, chega à Brasília para cumprir pena de prisão

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook
  •  
  •  
  •  comentário(s)
  •  
 
Garoto de 4 anos entrega presentes de Natal para garis em BH
 

Copyright 2018 - WebRadio Programa Conexão - Todos os direitos reservados

Desenvolvido por Go2web

Está no seu momento de descanso né? Entao clique aqui!