• Ouça a Rádio
  • Galeria de Fotos
  • Vídeos
  • Facebook
  • Twitter
Conexão Jornalismo é o primeiro site do país a merecer o selo verde.
Planvale

Busca

 

Conexão TV

Sexta-feira, 21 de Julho de 2017

A mosca que caiu na sopa do apresentador da Record - vídeo

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook
VER +

Galeria de Fotos

 
 

 
 

Comunidade

home > colunas > política > rio

Política - Rio

 

Domingo, 11 de Junho de 2017

Entrevista de Crivella no Globo teve cara de coisa alguma

Da Redação

Crivella: interesse social na gestão
Crivella: interesse social na gestão

Numa rara entrevista de Crivella hoje no Globo, com jeito de balanço semestral, três temas fundamentais não foram tratados: Educação, Saúde e Transporte. Só posso imaginar que tenha sido exigência do prefeito: conceder entrevista desde os assuntos mais urgentes e de interesse direto da população não fossem abordados (pensar que o repórter, dos melhores, não perguntasse ou que o jornal censurasse é inconcebível). Mas no blablablá insosso duas descobertas: Crivella só tem apoio de 17 dos 51 vereadores e apenas 800 mil imóveis, de um total de 1,9 milhão, pagam IPTU. E ele sugere sobretaxar quem já paga.

ver mais >>

Segunda-feira, 05 de Junho de 2017

Estado do Rio perde servidores em áreas fundamentais: Saúde e Educação

Da Redação

A crise financeira que atinge o Estado do Rio de Janeiro desde o governo Cabral, marcado por corrupção e que levou o mandatário para a cadeia, prejudica diretamente a população especialmente nos setores básicos. Saúde, Educação e Segurança Pública concentram os maiores registros de evasão de servidores - o que aumenta o déficit na qualidade de serviço prestado. A informação foi repassada por Omar Costa, colaborador de Conexão Jornalismo.

ver mais >>

Quarta-feira, 31 de Maio de 2017

Primeiro Bailarino do Municipal vira motorista de Uber para pagar contas

Uma das instituições mais tradicionais do país está sofrendo com a crise econômica. O Theatro Municipal do Rio de Janeiro não consegue pagar em dia seus 200 mil servidores, obrigando-os a arranjar outros trabalhos para que possam pagar as contas. É o caso de Filipe Moreira, o primeiro-bailarino do local.

ver mais >>

Terça-feira, 09 de Maio de 2017

Crivella acerta quando participa de reuniões de Segurança Pública

Por Fábio Lau

Segurança Pública deve ser interesse de todos
Segurança Pública deve ser interesse de todos

O prefeito do Rio, Marcelo Crivella, fez algo raro para um prefeito de capital. Participou de reunião da área de Segurança Pública e propôs, entre outras coisas, a criação de cinturão de segurança com controle de cargas de caminhão para conter a entrada de drogas e armas. É regra no Rio a falácia da autoridade municipal que, inspirada em Herodes (e olha que o evangélico é o atual), lava as mãos quando o assunto é segurança. "Isso é com o estado!" Mentira! A segurança, ou a falta dela, acarreta prejuízos ao erário municipal com a perda de arrecadação de IPTU, degradação de áreas e principalmente Saúde - feridos graves ou não seguem para hospitais que em geral são geridos pelo município. Ocupam leitos e obrigam profissionais de Saúde concentrados em cirurgias próprias de guerra.

ver mais >>

Segunda-feira, 01 de Maio de 2017

Outra ciclovia milionária inaugurada por Paes desmorona no Rio

Da Redação
(reprodução da TV - imagem)

Desmoronamento da obra de Paes
Desmoronamento da obra de Paes

O ex-prefeito Eduardo Paes viu cair a ciclovia Tim Maia, na Zona Sul do Rio, recém inaugurada. Ali, duas pessoas morreram e os familiares ainda aguardam indenização. Neste dia do Trabalhador, outra obra do ex-prefeito veio ao chão: a ciclovia de Campo Grande, na Zona Oeste, também desmoronou. O custo desta, R$ 20 milhões, representa pouco menos da metade do custo da ciclovia anterior, inaugurada na Zona Sul para ligar o Leme ao Pontal: R$ 44 milhões.

ver mais >>

Quarta-feira, 12 de Abril de 2017

Servidores Públicos do Rio e um pedido de solidariedade

Da Redação

Em carta encaminhada a Conexão Jornalismo, um grupo de servidores pediu sua publicação e posterior compartilhamento daqueles que concordam com o atual quadro de abandono dos trabalhadores e dos serviços públicos. Para eles, o governador Luiz Fernando Pezão trata de maneira marginal as necessidades básicas primárias dos trabalhadores. No documento, os servidores falam da última ameaça governamental que é a de reduzir em 20% os salários dos mais pobres - os que ocupam o executivo como professores, médicos, auxiliares e/ou recebem abaixo de R$ 10 mil. Estariam fora dos cortes os trabalhadores do Judiciário e Legislativo - aqueles que recebem melhores ordenados.

ver mais >>

Pág. atual: 2/97
 
 

Copyright 2017 - WebRadio Programa Conexão - Todos os direitos reservados

Desenvolvido por Go2web

Está no seu momento de descanso né? Entao clique aqui!