• Ouça a Rádio
  • Galeria de Fotos
  • Vídeos
  • Facebook
  • Twitter
Conexão Jornalismo é o primeiro site do país a merecer o selo verde.
Planvale

Busca

 
Audiência na TV

Terça-feira, 22 de Setembro de 2020

Mignonnes: corra e assista no Netflix antes que Damares censure
Audiência na TV

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook

Conexão TV

Quarta-feira, 23 de Setembro de 2020

"Remédio Amargo": filme que lava a alma da mulher oprimida

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook
VER +

Galeria de Fotos

 
 

 
 

Comunidade

home > colunas > política > rio

Política - Rio

 

Quarta-feira, 01 de Julho de 2020

Carluxo perde foro privilegiado em investigação sobre funcionários fantasmas

Carluxo: foro privilegiado caiu
Carluxo: foro privilegiado caiu


O Ministério Público do Rio de Janeiro (MP-RJ) publicou na noite da última terça-feira (30) uma decisão que tira o foro privilegiado de alguns vereadores da cidade do Rio investigados em 21 ações penais e leva os processos para os juízes de primeira instância. Entre os parlamentares, está o vereador Carlos Bolsonaro (Republicanos), alvo de um inquérito sobre funcionários fantasmas em seu gabinete

A investigação do MP-RJ foi aberta em setembro do ano passado, após a revista Época denunciar que Carlos Bolsonaro empregava sete parentes de Ana Cristina Valle, sua madrasta e ex-mulher do presidente Jair Bolsonaro (sem partido). Alguns dos funcionários moravam em outro estado e admitiram nunca terem pisado na Câmara dos Vereadores do Rio, onde estavam lotados, apesar de constarem em folha de pagamento.

Irmão do vereador, o hoje senador Flávio Bolsonaro também é investigado em denúncia similar na Assembleia Legislativa do Rio (Alerj) na época em que era deputado estadual. A prática, que consiste na devolução de parte do salário de funcionários empregados em gabinete e que tem relação com Fabrício Queiroz, ex-assessor e amigo de décadas da família Bolsonaro, ficou popularmente conhecida como "rachadinha".

Com a decisão de ontem, o MP-RJ segue entendimento firmado no último dia 13 pela 1ª Turma do Superior Tribunal Federal (STF) e que "representa alento para desafogar os tribunais, trazendo perspectiva de uma melhora no Sistema Judiciário em geral, e na persecução penal, em particular", disse o órgão em nota.

 

Veja também:

>> Pandemia transfere Bienal de São Paulo para 2021

>> Lava-Jato esteve tutelada pelo FBI, revela reportagem

>> "Lava jato" combinou extradição com os EUA sem passar pelo Ministério da Justiça

>> Entregadores fazem greve nacional nesta quarta-feira (1)

>> Argentina Conexão Brasil: programa de rádio é voltado para brasileiros em Buenos Aires

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook
  •  
  •  
  •  comentário(s)
  •  
 
Carluxo perde foro privilegiado em investigação sobre funcionários fantasmas
 

Copyright 2020 - WebRadio Programa Conexão - Todos os direitos reservados

Desenvolvido por Go2web

Está no seu momento de descanso né? Entao clique aqui!