• Ouça a Rádio
  • Galeria de Fotos
  • Vídeos
  • Facebook
  • Twitter
Conexão Jornalismo é o primeiro site do país a merecer o selo verde.
Planvale

Busca

 
Audiência na TV

Quinta-feira, 22 de Fevereiro de 2018

Merlí: último episódio da última temporada deixa sentimento de viuvez
Audiência na TV

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook

Conexão TV

Segunda-feira, 19 de Fevereiro de 2018

Camila Pitanga é ofendida por mulher em Shopping do Rio

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook
VER +

Galeria de Fotos

 
 

 
 

Comunidade

home > colunas > política > rio

Política - Rio

 

Terça-feira, 20 de Fevereiro de 2018

Pezão, desmoralizado, vive surto de honestidade ao lembrar Brizola

Uma semana após abdicar de sua gestão e entregar o governo a interventores do Exército, e não apenas a Segurança Pública conforme se propaga, o governador do Rio, Luiz Fernando Pezão, teve uma espécie de surto de honestidade. Durante a inauguração de uma biblioteca na Rocinha, uma das comunidades mais desassistidas do estado, ele falou sobre a perda de oportunidades do estado onde atua quando, há alguns anos, abriu-se mão dos Cieps.

ver mais >>

Quinta-feira, 15 de Fevereiro de 2018

Ciclovia Tim Maia desaba no Rio - novamente

Da Redação

Segundo acidente envolvendo a ciclovia Tim Maia
Segundo acidente envolvendo a ciclovia Tim Maia

Cadê o prefeito do Rio? Marcelo Crivella, que é um entusiasta dos que fogem do Carnaval, está no exterior. Diz que foi lá ver como é que se cuida da segurança pública. Mas enquanto esteve fora a cidade ficou um lixo - em contraste com o lixo da Avenida. Assaltos e arrastões, que deveriam ser reprimidos por Pezão, campearam também. A chuva veio forte e derrubou árvores - o que não tem nada a ver com ele, é verdade. Mas a solução, sim. E, por fim, a ciclovia Tim Maia voltou a desmoronar. Ela que há anos caiu e matou dois ciclistas, cedeu diante da erosão causada pela chuva. O prefeito continua distante do local de trabalho.

ver mais >>

Sábado, 10 de Fevereiro de 2018

O heroísmo coletivo em um Rio de Janeiro onde só mazelas viram notícia

O lírio da solidariedade que brotou no caos de uma terça-feira
O lírio da solidariedade que brotou no caos de uma terça-feira

O caos imperava na cidade do Rio de Janeiro naquela terça-feira (6) onde motoristas que trafegavam nas linhas coloridas e tortas da cidade, a Vermelha e a Amarela, penavam com tiroteios. A população, assustada, lamentava a má sorte e vaticinava: "imagina quando o Carnaval chegar!" Longe, mas nem tanto assim do caos urbano, dois jovens aguardavam em unidades de terapia intensiva, com fé, a chegada de corações. Que chegaram. Um médico, infelizmente anônimo, enfrentou o caos da Linha Vermelha para garantir a vida. E assim se fez. Este relato, de Regina Xavier, chegado aqui via Maria Byington, é mais do que o fio, mas avenidas de esperança.

ver mais >>

Quinta-feira, 08 de Fevereiro de 2018

Leonardo Giordano é uma das caras novas na disputa pelo Palácio Guanabara em outubro

Leonardo Giordano: unidade da esquerda em âmbito nacional
Leonardo Giordano: unidade da esquerda em âmbito nacional

O Rio deve apostar em caras novas na próxima eleição de outubro. Afinal, esta será a primeira eleição onde o desgastado PMDB, protagonista maior dos últimos anos, deixará o protagonismo. Assim, especialmente os partidos de esquerda começam a lançar candidatos próprios. O PSOL deverá vir com o professor e hoje vereador Tarcisio Motta. O PT está entre o embaixador Celso Amorim e o ex-prefeito de Maricá, Quaquá. Nesta entrevista, o jovem vereador de Niterói, Leonardo Giordano, fala sobre o papel que o PCdoB pretende ter no próximo pleito quando, depois de muitos anos, aposta em candidatura própria. A entrevista é de Theófilo Rodrigues. A direita também se organiza e aposta no técnico Bernardinho ou em velhas caras da política como Índio da Costa, Garotinho e Eduardo Paes.

ver mais >>

Quarta-feira, 07 de Fevereiro de 2018

O naufrágio político e social do Rio de Janeiro

Por Fábio Lau

Jeremias Moraes, de 13 anos, morto quando jogava futebol
Jeremias Moraes, de 13 anos, morto quando jogava futebol

O governador Luiz Fernando Pezão deveria explicar, diariamente, a razão de promover ataques a favelas com o resultado morte. Ele o faz sem que isso represente um único resultado concreto que beneficie quem quer que seja. Morrem crianças em casa, nas salas de aula, jogando futebol, nas creches, no interior de automóveis. Morrem trabalhadores, donas de casa, idosos. Morrem PMs também. O usuário de drogas seguirá comprando, o traficante vendendo e inocentes morrendo. O PM seguirá virando estatística e herói até a salva de tiros no sepultamento. O silêncio do governador, e não apenas deste último embora seja ele parte importante da mazela fluminense, é covardia. Afinal, não tem coragem de admitir a incompetência do Estado. É também sadismo e psicopatia. Mas as autoridades que assistem caladas no Judiciário, parlamento e até sociedade civil são cúmplices deste extermínio de pobres a prestação.

ver mais >>

Quarta-feira, 31 de Janeiro de 2018

PCdoB lança pré-candidatura de vereador de Niterói ao governo do Rio

Da Redação

Novidade na disputa pelo Palácio Guanabara
Novidade na disputa pelo Palácio Guanabara

O PCdoB poderá ter representação na disputa pelo governo do Estado do Rio nas próximas eleições. Vereador por Niterói, Leonardo Giordano teve o nome aprovado pela direção do partido que assim vai, pela primeira vez em muitos anos, abrir mão de apoiar candidatos ligados ao PT nacional.

ver mais >>

Pág. atual: 1/103
 
 

Copyright 2018 - WebRadio Programa Conexão - Todos os direitos reservados

Desenvolvido por Go2web

Está no seu momento de descanso né? Entao clique aqui!