• Ouça a Rádio
  • Galeria de Fotos
  • Vídeos
  • Facebook
  • Twitter
Conexão Jornalismo é o primeiro site do país a merecer o selo verde.
Planvale

Busca

 
Audiência na TV

Terça-feira, 14 de Maio de 2019

Reinaldo Azevedo diz que sentença de Lula precisa ser anulada
Audiência na TV

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook

Conexão TV

Segunda-feira, 29 de Abril de 2019

Jovem russa é condenada nos EUA após se passar por herdeira milionária

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook
VER +

Galeria de Fotos

 
 

 
 

Comunidade

home > colunas > política > internacional

Política - Internacional

 

Quarta-feira, 17 de Abril de 2019

Ex-presidente do Peru, Alan Garcia comete suicídio ao saber de prisão

Reprodução Telesur: Garcia cometeu suicídio
Reprodução Telesur: Garcia cometeu suicídio

O suicídio foi a arma encontrada pelo ex-presidente do Peru, Alan Garcia, para escapar da prisão. Acusado de ter recebido propina da empreiteira brasileira Odebrecht, o ex-presidente apontou o revólver para a própria cabeça e disparou após ter permitido o acesso de policiais à sua casa. Levado ainda com vida para o hospital, ele morreu após intervenção cirúrgica.


García ia ser preso preventivamente por dez dias e estava sendo investigado em um processo que averigua o pagamento de subornos da construtora Odebrecht a políticos no Peru.

Os policiais afirmam que o ex-presidente se trancou num quarto, ao ver que iria ser detido, e tentou suicídio. O advogado de García, Erasmo Reyna, confirmou à imprensa que o ex-mandatário tentou se matar.

O Ministério da Saúde do Peru confirmou, em nota, que García havia dado entrada em estado crítico com uma perfuração na cabeça.

"O ex-presidente Alan García ingressou no hospital de emergências José Casimiro Ulhoa (.) às 6h45 [8h45 em Brasília] com um diagnóstico de impacto de bala, entrada e saída, na cabeça", dizia o comunicado, que acrescentava que o político estava em cirurgia, feita por uma equipe de quase 30 médicos.

Durante a operação, García sofreu três paradas cardiorrespiratórias.

García foi presidente do país em duas oportunidades: entre julho de 1985 e julho de 1990, e entre julho de 2006 e julho de 2011.

O ex-mandatário ia ser preso preventivamente por dez dias e estava sendo investigado em um processo que averigua o pagamento de subornos da construtora Odebrecht a políticos no Peru. O ex-presidente Pedro Pablo Kuczinski foi preso na semana passada, dentro do mesmo caso.

Em novembro de 2018, a Justiça peruana decidiu que García não poderia sair do país. O ex-presidente tentou asilo diplomático na Embaixada do Uruguai, o qual foi recusado pelo governo do país em dezembro.

 

Veja também:

>> Fotojornalista torturado por milícia está há um ano sem receber pensão

>> Homenagem: Time chama Bolsonaro de homofóbico e o coloca entre os 100 mais

>> Três anos depois, Dilma fala sobre o golpe, envolvimentos e o futuro sombrio

>> Brasileira fez doação milionária para reconstrução da Notre Dame

>> Janaína Paschoal diz que é perseguida por bolsonaristas

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook
  •  
  •  
  •  comentário(s)
  •  
 
Ex-presidente do Peru, Alan Garcia comete suicídio ao saber de prisão
 

Copyright 2019 - WebRadio Programa Conexão - Todos os direitos reservados

Desenvolvido por Go2web

Está no seu momento de descanso né? Entao clique aqui!