• Ouça a Rádio
  • Galeria de Fotos
  • Vídeos
  • Facebook
  • Twitter
Conexão Jornalismo é o primeiro site do país a merecer o selo verde.
Planvale

Busca

 
Audiência na TV

Terça-feira, 22 de Setembro de 2020

Mignonnes: corra e assista no Netflix antes que Damares censure
Audiência na TV

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook

Conexão TV

Quarta-feira, 23 de Setembro de 2020

"Remédio Amargo": filme que lava a alma da mulher oprimida

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook
VER +

Galeria de Fotos

 
 

 
 

Comunidade

home > colunas > política > internacional

Política - Internacional

 

Segunda-feira, 14 de Setembro de 2020

Bachelet alerta ONU: democracia em risco no Brasil

.  Bachelet - Foto: ONU/Jean-Marc Ferre
. Bachelet - Foto: ONU/Jean-Marc Ferre

A ex-presidenta do Chile e Alta Comissária para os Direitos Humanos das Nações Unidas, Michelle Bachelet, fez um alerta nesta segunda-feira (14) para o risco do crescente envolvimento de militares nos assuntos públicos e na aplicação da lei no Brasil. Ela também denunciou o aumento de mortes e ataques a líderes comunitários, defensores de direitos humanos e jornalistas.



A fala foi feita na abertura da 45ª sessão do Conselho de Direitos Humanos da ONU. Bachelet destacou o Brasil, e mais 30 países, em que as violações aos direitos humanos vêm crescendo. Entre eles, Estados Unidos, Venezuela, Colômbia, Polônia e China.

"No Brasil, México, El Salvador e outros lugares, nós estamos vendo um crescente envolvimento de militares em assuntos públicos e aplicação da lei. Apesar de reconhecer os desafios da situação de segurança, qualquer uso das Forças Armadas em segurança pública deve ser estritamente excepcional, com supervisão efetiva", disse Bachelet.

"No Brasil, estamos recebendo relatórios de violência rural e expulsão de comunidades sem terra, assim como ataques a defensores de direitos humanos e jornalistas, com ao menos 10 mortes este ano".

"A continuada erosão de conselhos independentes de consultas e participação das comunidades é também preocupante. Apelo às autoridades para que tomem medidas firmes que garantam decisões fundamentadas nas contribuições e necessidades do povo brasileiro." Acrescentou ela.

Essa não é a primeira vez que Bachelet inclui o Brasil em suas críticas à situação dos direitos humanos no mundo.

Em 2019, ela citou a violência policial e os riscos à democracia, o que fez o presidente Jair Bolsonaro responder com elogios a Augusto Pinochet, ditador chileno responsável pela morte do pai de Bachelet.

 

Veja também:

>> Esquerda pode estar unida no Paraná nas eleições de 2020

>> Crítica & Literatura: Histórias de delícias

>> Secretário de Educação do Rio é preso por suspeita de corrupção

>> Papa Francisco diz que prazeres de comer e fazer sexo são 'simplesmente divinos' - vídeo

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook
  •  
  •  
  •  comentário(s)
  •  
 
Bachelet alerta ONU: democracia em risco no Brasil
 

Copyright 2020 - WebRadio Programa Conexão - Todos os direitos reservados

Desenvolvido por Go2web

Está no seu momento de descanso né? Entao clique aqui!