• Ouça a Rádio
  • Galeria de Fotos
  • Vídeos
  • Facebook
  • Twitter
Conexão Jornalismo é o primeiro site do país a merecer o selo verde.
Planvale

Busca

 

Galeria de Fotos

 
 

 
 

Comunidade

home > colunas > política > internacional

Política - Internacional

 

Sábado, 27 de Junho de 2020

Argentina Conexão Brasil: Lula faz live com Alberto Fernandez sobre pós-pandemia

Reprodução de vídeo
Reprodução de vídeo
Por Francis Ivanovich *

A Universidade de Buenos Aires (UBA), a mesma que cancelou a palestra de Sergio Moro no final de maio, realizou nesta sexta-feira (26) um encontro virtual histórico entre Luiz Inácio Lula da Silva e o atual presidente da Argentina, Alberto Fernández. A Faculdade de Ciência Sociais da UBA foi a responsável pela organização do encontro que faz parte do projeto "Pensar a América Latina Depois da Pandemia do COVID 19". O evento foi transmitido ao vivo pelas redes sociais e recebeu adesão e comentários positivos de pessoas de todo o mundo.

Lula e Fernández discutiram alternativas para a crise que atinge todo o mundo, mas em especial na América Latina. Os dois líderes estão de acordo na necessidade de uma nova organização política e que o atual modelo capitalista mostrou-se, nas palavras do presidente argentino, "um castelo construído no ar".

Lula manifestou o desejo de uma política mais humanista e mostrou esperanças de que o momento se transforme numa rara oportunidade para implementação de mudanças na forma de lidar com as desigualdades. Já Fernandez lembrou que no caso da América Latina, apenas Argentina e México são oposição ao atual modelo político e econômico que já provou sua total incompetência para lidar com a pobreza, saúde e educação.

Lula acredita que o governo de Alberto Fernández e Cristina Kirchner vai colocar a Argentina outra vez no caminho de proteção aos mais pobres, o que, acredita, foi totalmente negligenciado pelo desastroso governo de Maurício Macri. Fernandez revelou que seu governo, ao se deparar com a Pandemia do COVID 19, estimou que havia 2 milhões de argentinos sem proteção. Entretanto, o número real era de 9 milhões. Todos atualmente assistidos pelo estado através das novas medidas anunciadas pela Casa Rosada, sede do governo.

Lula voltou a defender a participação do Estado no enfrentamento da crise, mas vê o governo de Jair Bolsonaro incapaz de enfrentar os desafios que a pandemia apresenta ao Brasil: "Este governo, em plena pandemia, já trocou três ministros da Saúde", lembrou.

Ao final do encontro, o presidente argentino convidou o líder brasileiro para visitar a Argentina, também para comer um assado, e apoiou abertamente sua candidatura nas próximas eleições. "Seria muito importante o Brasil somar-se a Argentina e México, para construirmos um diálogo na América Latina", disse Fernández. Lula aceitou o convite para o assado, mas preferiu não comentar sobre sobre uma possível candidatura para a presidência do Brasil - essa vai ficar em banho-maria.


* Francis Ivanovich é jornalista, autor, roteirista, diretor de cinema e teatro

Para assistir ao encontro transmitido via Facebook clique aqui

 

Veja também:

>> Crítica & Literatura: Na pandemia, leia o que bem entender!

>> Sergio Moro confessa ter plagiado artigo publicado pela ConJur

>> Cresce rejeição a Bolsonaro, segundo o Datafolha

>> Deputada Bolsonarista nomeia empregada sua assessora para fazer faxinas em casa

>> "Anjo" apresenta nova versão e confirma ter escondido Queiroz

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook
  •  
  •  
  •  comentário(s)
  •  
 
Argentina Conexão Brasil: Lula faz live com Alberto Fernandez sobre pós-pandemia
 

Copyright 2020 - WebRadio Programa Conexão - Todos os direitos reservados

Desenvolvido por Go2web

Está no seu momento de descanso né? Entao clique aqui!