• Ouça a Rádio
  • Galeria de Fotos
  • Vídeos
  • Facebook
  • Twitter
Conexão Jornalismo é o primeiro site do país a merecer o selo verde.
Planvale

Busca

 
Audiência na TV

Quinta-feira, 14 de Janeiro de 2021

A cientista que ofendeu Caetano e Felipe Neto
Audiência na TV

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook

Conexão TV

Terça-feira, 12 de Janeiro de 2021

Lupin: Série francesa da Netflix quebra recorde na plataforma

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook
VER +

Galeria de Fotos

 
 

 
 

Comunidade

home > colunas > política > geral

Política - Geral

 

Quarta-feira, 13 de Janeiro de 2021

Simone Tebet vai disputar a presidência do Senado pelo MDB

Simone Tebet - imagem do Facebook
Simone Tebet - imagem do Facebook

Uma das principais críticas da ex-presidenta Dilma Rousseff e do PT no processo que levou ao golpe político de 2016, a senadora Simone Tebet (MS) será a candidata do MDB na eleição para a presidência do Senado, no início de fevereiro. O anúncio foi feito pela comunicação do partido. A candidatura deixa o PT em uma situação constrangedora - apoiar o candidato de Bolsonaro ou a senadora que atacou a ex-presidenta Dilma afastada do poder sem crime.

O MDB tem a maior bancada no Senado, com 15 senadores, e irá bater chapa com o senador Rodrigo Pacheco (DEM-MG), apoiado pelo atual presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP).

Simone Tebet sonha ser a primeira mulher presidenta do Senado. Mas seu caminho não será dos mais fáceis. Ela é acusada de envolvimento em desvio de dinheiro público numa ação movida pelo Ministério Público do Mato Grosso do Sul. A acusação remete ao período em que foi prefeita de Três Lagoas e ter, supostamente, favorecido a empresa Anfer Construção e Comércio em uma licitação em obra que prometia recuperar o balneário da cidade. O favorecimento, segundo o processo, teria ocorrido para compensar uma doação feita pela empresa em favor da sua candidatura.

A questão de gênero não tem relação com as votações da parlamentar, que se posiciona à direita no espectro político. Ideologicamente, a senadora tem apoiado pautas conservadoras do ponto de vista econômico.

Tanto na câmara quanto no Senado, as críticas estão restritas à pessoa de Jair Bolsonaro, enquanto os congressistas que disputam o comando das duas Casas comungam das mesmas crenças neoliberais na economia do presidente da República.

 

Veja também:

>> Maguito Vilela morre aos 71 anos por Covid-19

>> Empresário revela ter dado quase R$ 1 mi em propina a Wilson Witzel enquanto juiz

>> Lupin: Série francesa da Netflix quebra recorde na plataforma

>> O centenário de um jornalista chamado Hélio Fernandes

>> Saída da Ford do Brasil pode deixar saldo mínimo de dez mil desempregados

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook
  •  
  •  
  •  comentário(s)
  •  
 
Simone Tebet vai disputar a presidência do Senado pelo MDB
 

Copyright 2021 - WebRadio Programa Conexão - Todos os direitos reservados

Desenvolvido por Go2web

Está no seu momento de descanso né? Entao clique aqui!