• Ouça a Rádio
  • Galeria de Fotos
  • Vídeos
  • Facebook
  • Twitter
Conexão Jornalismo é o primeiro site do país a merecer o selo verde.
Planvale

Busca

 
Audiência na TV

Sábado, 15 de Dezembro de 2018

Castrinho é acusado de abuso sexual por Iris Bruzzi. Ele nega
Audiência na TV

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook

Conexão TV

Quarta-feira, 05 de Dezembro de 2018

Após massacre ao cão, Masterchef omite nome do Carrefour do programa

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook
VER +

Galeria de Fotos

 
 

 
 

Comunidade

home > colunas > política > geral

Política - Geral

 

Quarta-feira, 05 de Dezembro de 2018

Protesto é marcado em frente ao Carrefour após massacre de cão - vídeo

Arte do cão que vai para o céu
Arte do cão que vai para o céu

A morte bárbara de um cão sem dono e de rua mobiliza milhões de pessoas nas ruas e redes sociais desde o massacre, com requintes de crueldade, foi noticiado no fim de semana. Foi nas dependências de um supermercado em Osasco,em São Paulo. Sim. A morte choca porque o ser humano é dotado de um sentimento generoso que o faz, por empatia, se solidarizar aos que sofrem. Sejam parentes, estranhos do outro lado da Terra a animais irracionais - para quem acredita que sejam.

Eu mesmo recorri a uma música de Toninho Horta, a que ele fez para sua cadela Diana, a título de homenagear ao cão de Osasco:



- Já não te encontro à espera ao pé da porta. A Diana sem nome e sem dono conhece a dor milenar. Da poesia de Toninho Horta. Fica a ausência branca e marrom. E uma tristeza milenar. Como se ainda sentissem o seu olhar....

Sou amigo dos cães - mais do que de outros animais. E adoro bicho.

E aí uma amiga de longa data me cobra o fato de ser carnívoro. Como assim? Por comer carne não posso me sensibilizar com a morte do cão? Sou carnívoro e gosto do bife mal passado. Não me venha dizer que os casos sejam análogos. Porque falamos de um cão que foi barbaramente sacrificado por perversidade, crueldade e ato monstruoso. Não para o abate e saciar a fome.

Nas redes sociais circula a notícia, ainda não confirmada, que o agressor do cão teria sido reconhecido por populares e espancado.

Mas tudo isso é para dizer que sábado a turma vai fazer um protesto bonito diante do Carrefour de Osasco, em São Paulo, no próximo sábado, dia 8, às 15hs. Querem não apenas punição - que é pouco. Querem que o mercado hiper, super, bambambam assuma também responsabilidade no meio social e abrigue cães perdidos. Ajude a manter a Suipa, por exemplo. O endreço é Av. dos Autonomistas, 1542 - Vila Yara.

É justo. O dinheiro que arrecada, os bilhões, deveriam ajudar a integrar a mega empresa à sociedade, e não apenas ser utilizado em benefício próprio para pagar salário a gente capaz de causar uma convulsão social com tamanha bizarrice.

Que a sensibilidade bata à porta do Carrefour.
Antes das pedras dos insensatos.
Não sou vegano - mas como alfaces e seus primos.

É estupidez tentar desmotivar gestos de solidariedade. Mesmo que a sua causa pareça justa.

O vídeo abaixo contém imagens do dia do massacre ao cão - veja com a devida cautela e distanciamento. O cenário é de violência:

 

Veja também:

>> "Infiltrado na Klan" é filme histórico e tem tudo a ver com o Brasil 2018

>> Adriana Passos: herdeira do samba tradicional faz show na Lapa

>> Filme sobre golpe contra Dilma exibido no Parlamento Britânico

>> Papai Noel é vaiado em shopping após "encerrar expediente" - vídeo

>> O risco contra Bolsonaro e o marketing

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook
  •  
  •  
  •  comentário(s)
  •  
 
Protesto é marcado em frente ao Carrefour após massacre de cão - vídeo
 

Copyright 2018 - WebRadio Programa Conexão - Todos os direitos reservados

Desenvolvido por Go2web

Está no seu momento de descanso né? Entao clique aqui!