• Ouça a Rádio
  • Galeria de Fotos
  • Vídeos
  • Facebook
  • Twitter
Conexão Jornalismo é o primeiro site do país a merecer o selo verde.
Planvale

Busca

 
Audiência na TV

Terça-feira, 14 de Maio de 2019

Reinaldo Azevedo diz que sentença de Lula precisa ser anulada
Audiência na TV

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook

Conexão TV

Segunda-feira, 29 de Abril de 2019

Jovem russa é condenada nos EUA após se passar por herdeira milionária

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook
VER +

Galeria de Fotos

 
 

 
 

Comunidade

home > colunas > política > geral

Política - Geral

 

Quinta-feira, 07 de Março de 2019

Professor de Direito é vaiado por falar a verdade em formatura da PUC-SP



A PUC de São Paulo é das instituições de ensino mais conservadoras do país. Ali houve padres que defenderam até a tese de que deveria estar restritas a alunos católicos - seja lá o que isso queira dizer. Mas, como espanto é coisa que não dá em poste, eis que esta semana a turma que se formou em Direito reagiu de forma antidemocrática quando um professor disse o que historiador honesto algum poderia negar: "o período de maior crescimento e prosperidade do Brasil se deu com Lula no poder!" Ele foi vaiado por alunos que, por certo, devem defender o insipiente governo Bolsonaro.



A vítima do ódio dos alunos ao ex-presidente preso pela Lava-Jato foi o professor Celso Antônio Bandeira de Mello. Em seu discurso, o jurista defendeu o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e enalteceu algumas pautas esquerdistas.

Celso disse que Lula é um grande homem e governou o período de maior progresso e nivelamento da história do Brasil. Ele ainda aconselhou os formandos a lutarem contra a "atual onda direitista mundial" e resgatar valores que foram sacrificados.

O discurso conseguiu poucos aplausos da plateia. A maioria se mostrou contrária ao professor e vaiou o jurista. Há um mês, um casal de formandos de Direito subiu ao palco dançando funk ao som de "Ele Não", carregando um cartaz com os dizeres "Fascistas. Racistas. Machistas e Homofóbicos. Não passarão!"

 

Veja também:

>> Vídeo escatológico de Bolsonaro é um pedido de socorro

>> Gastos "secretos" de Bolsonaro batem recorde com cartão corporativo

>> Chico Alencar: temos que combater a corja que acredita em Bolsonaro

>> Ponografia de Bolsonaro torna-o passível de impeachment, diz Reale

>> Interdição? Bolsonaro quer processar Zé de Abreu e caso pode ser levado à Psiquiatria

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook
  •  
  •  
  •  comentário(s)
  •  
 
Professor de Direito é vaiado por falar a verdade em formatura da PUC-SP
 

Copyright 2019 - WebRadio Programa Conexão - Todos os direitos reservados

Desenvolvido por Go2web

Está no seu momento de descanso né? Entao clique aqui!