• Ouça a Rádio
  • Galeria de Fotos
  • Vídeos
  • Facebook
  • Twitter
Conexão Jornalismo é o primeiro site do país a merecer o selo verde.
Planvale

Busca

 
Audiência na TV

Sábado, 16 de Setembro de 2017

Morre aos 65 anos o jornalista Marcelo Rezende
Audiência na TV

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook

Conexão TV

Terça-feira, 12 de Setembro de 2017

Xico Sá critica Zezé Di Camargo: "se o pau de arara fosse no seu c...."

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook
VER +

Galeria de Fotos

 
 

 
 

Comunidade

home > colunas > política > geral

Política - Geral

 

Domingo, 01 de Abril de 2012

Caso Veja-Cachoeira testa fronteiras do jornalismo

Brasil 247

Estão faltando peças no tabuleiro das relações entre a revista Veja, a de maior circulação do Brasil em papel, e a do contraventor preso pela Operação Monte Carlo, da Polícia Federal. Precisamente, cerca de 200 peças, equivalentes ao número de ligações telefônicas grampeadas legalmente pela PF entre o editor-chefe e diretor da sucursal de Brasília da publicação, Policarpo Junior, e Carlinhos Cachoeira. Nelas se poderá verificar o verdadeiro padrão do relacionamento entre o jornalista e sua fonte. Haveria só perguntas e respostas entre eles ou algum jogo de ataques e defesas editoriais, aprimorado ao longo do tempo, no interesse comum de Veja e do contraventor? Ou, ainda, ora do interesse de Veja, ora do interesse do contraventor?

ver mais >>

Domingo, 01 de Abril de 2012

Tempos de Murici - Abandono a própria sorte antes que arraste junto

Por Saul Leblon ( Carta Maior)

De interlocutor preferencial a louco
De interlocutor preferencial a louco

O site do jornal O Globo alterna manchetes garrafais que antecipam o funeral político de Demóstenes Torres, até há bem pouco tempo um parceiro, digamos assim, do jornalismo imparcial chancelado pelos Marinhos. A revista Veja, cuja afinidade de propósitos com Demóstenes, segundo consta, poderá ser aferida pela intensa troca de telefonemas entre a alta direção de sua sucursal, em Brasília, e o senador dublê de bicheiro,trata agora o amigo como um defunto contagioso, cujo enterro não pode tardar (leia nesta página: Carta Maior pede ao STF acesso às investigações sobre Demóstenes & seus interlocutores associados).

ver mais >>

Sexta-feira, 30 de Março de 2012

Do ‘doutor’ ao ‘professor’: “Tá tranquilo, eu faço”

Do Brasil 247

Demóstenes e Cachoeira
Demóstenes e Cachoeira

O senador Demóstenes Torres já é um cadáver político. Revelações de diálogos grampeados pela Polícia Federal, entre ele e o contraventor Carlinhos Cachoeira, publicadas pelo jornal O Globo nesta sexta-feira 30, levaram a cúpula do DEM a pressionar Demóstenes a se desfiliar do partido, antecipando-se a um processo de expulsão. A ameaça de cassação de seu mandato, a partir da investigação aberta pelo Procurador-Geral da República, Roberto Gurgel, ganhou corpo.

ver mais >>

Quarta-feira, 28 de Março de 2012

Veja X Demóstenes: caminhos tortuosos que vão do amor a prévia condenação

Por Luis Nassif – Blog do Nassif

Cachoeira, Demóstenes ou Policarpo?
Cachoeira, Demóstenes ou Policarpo?

No momento em que o senador Demóstenes Torres pede aos seus pares - e a Renan Calheiros - para não ser julgado politicamente, um dos capítulos de sua parceria com a revista Veja: o caso Francisco Escórcio. Revela bem os métodos utilizados, posteriormente, no caso do grampo sem áudio.

Coube a Demóstenes, em combinação com a revista, deflagrar a manipulação, ao dizer que tinha sido informado - por telefonema de Pedrinho Abrão - sobre as intenções de Escórcio de filmar Torres e Marconi Perillo no hangar.

ver mais >>

Quarta-feira, 28 de Março de 2012

Investigação do PGR inclui a revista Veja?

Por Altamiro Borges

Gurgel levou três anos para investigar o senador do DEM
Gurgel levou três anos para investigar o senador do DEM

Após engavetar as denúncias por três anos, finalmente o procurador-geral da República, Roberto Gurgel, decidiu pedir a abertura de inquérito no Supremo Tribunal Federal (STF) para investigar o senador Demóstenes Torres por suas ligações com o mafioso Carlinhos Cachoeira. Poucas horas antes, o falso moralista da direita anunciou a sua renúncia da liderança do DEM no Senado.
“Considerei as denúncias graves o suficiente para que houvesse o pedido de instauração de inquérito”, justificou Gurgel. Segundo o sítio do STF, Demóstenes será investigado pelos crimes de corrupção passiva, prevaricação e advocacia administrativa (quando um servidor defende interesse privado perante a administração pública). O pedido do inquérito tem 56 páginas e 16 apensos.

ver mais >>

Terça-feira, 27 de Março de 2012

Veja: nenhuma palavra sobre telefonemas de bicheiro para a sucursal de Brasília

Brasil 247


Acostumada a distribuir lições de moral e civismo, todas as semanas, a seus leitores, a revista Veja entrou numa pesada enrascada ética. Recém nomeado para a cúpula da publicação, no cargo de redator-chefe, dividido com outros dois profissionais, o diretor da sucursal da revista em Brasília, Policarpo Jr., foi detectado num grampo legal feito pela Polícia Federal em nada menos que 200 ligações telefônicas com o contraventor Carlinhos Cachoeira. Segundo o blog do jornalista Luis Nassif, que primeiro noticiou a existência dos registros das gravações, nas conversas Policarpo passava a Cachoeira informações sobre o que iria sair na revista, ouvia ideias de pautas e recebia elogios de sua fonte. Na prática, ambos compunham um circuito privilegiado de relações entre o sub-mundo da ilegalidade e a alta mídia acima de qualquer suspeita.

ver mais >>

Pág. atual: 303/304
 
 

Copyright 2017 - WebRadio Programa Conexão - Todos os direitos reservados

Desenvolvido por Go2web

Está no seu momento de descanso né? Entao clique aqui!