• Ouça a Rádio
  • Galeria de Fotos
  • Vídeos
  • Facebook
  • Twitter
Conexão Jornalismo é o primeiro site do país a merecer o selo verde.
Planvale

Busca

 
Audiência na TV

Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

Você é um abolicionista moderno ou escravagista?
Audiência na TV

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook

Conexão TV

Domingo, 10 de Dezembro de 2017

Morre aos 98 anos a atriz Eva Todor

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook
VER +

Galeria de Fotos

 
 

 
 

Comunidade

home > colunas > política > geral

Política - Geral

 

Quinta-feira, 21 de Novembro de 2013

Cúpula do Governo Alckmin cai no propinoduto

Do SP 247

Ex-diretor da Siemens Everton Rheinheimer denuncia formalmente ao Conselho Admnistrativo de Defesa Econômica um forte esquema de corrupção nos governos do PSDB em São Paulo; segundo ele, Edson Aparecido, braço direito do governador Geraldo Alckmin e hoje secretário da Casa Civil recebeu propinas das multinacionais entre 1998 e 2008; propinoduto na área de transportes, segundo Rheinheimer, visava abastecer o caixa dois do PSDB e do DEM; ele apontou ainda corrupção nos governos de José Serra e Mario Covas; outros nomes citados são dos secretários José Aníbal, de Energia, Jurandir Fernandes, de Tansportes, Rodrigo Garcia, de Desenvolvimento Econômico, e até do senador Aloysio Nunes e do deputado Arnaldo Jardim; strike completo? Saiba mais.

ver mais >>

Quarta-feira, 20 de Novembro de 2013

Sites divulgam contrato sigiloso da Globo com Marcos Valério

O contrato sigiloso confirma que a Globo pagava à DNA de Marcos Valério o "BV", o Bônus de Volume, que nunca poderia ser considerado dinheiro público e muito menos ter sido desviado, pois se trata de uma relação particular entre duas empresas privadas, a Rede Globo e a DNA. No entanto o STF condenou Pizzolato por este "crime". Veja a cópia dos documentos

ver mais >>

Terça-feira, 19 de Novembro de 2013

Escândalos dos fiscais: outro secretário de Kassab é citado

Yahoo

Mais um secretário da gestão Gilberto Kassab (PSD) foi relacionado à quadrilha acusada de cobrar propina para reduzir impostos em São Paulo. Segundo depoimento de uma testemunha mantida em sigilo pelo Ministério Público Estadual (MPE), Antonino Grasso, o Nino, solicitava favores ao grupo na arrecadação de Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) e teria dado dinheiro a um dos auditores suspeitos. Hoje, ele é subprefeito interino de Pinheiros, indicado por seu partido, o PV, ao prefeito Fernando Haddad (PT). Saiba mais.

ver mais >>

Segunda-feira, 18 de Novembro de 2013

Máfia dos fiscais de SP quer pegar Haddad

Jura Passos - Diário do Centro do Mundo

Jura Passos revela, neste artigo, que mais uma vez a máfia dos fiscais, há mais de 20 anos aboletada no poder em SP, se articula, com o beneplácito da imprensa tradicional, para resistir ao maior golpe já experimentado no período. Tenta acuar e transformar o seu algoz, o atual prefeito Fernando Haddad, em um canalha - antes que a vestimenta recaia sobre eles (os fiscais) e seus protetores. Saiba mais.

ver mais >>

Segunda-feira, 18 de Novembro de 2013

Vaidade de Joaquim ao mandar avião para réus onerou o país em R$ 30 mil

Consultor Jurídico

Os brasileiros viram neste sábado (16/11), pelos jornais e televisão, nove condenados na Ação Penal 470, o processo do mensalão, serem levados por jato da Polícia Federal para Brasília. José Dirceu e José Ganoíno voaram de São Paulo para Belo Horizonte, onde embarcaram na aeronave outros sete réus no processo em direção à capital do país. Saiba mais.

ver mais >>

Sexta-feira, 15 de Novembro de 2013

SP: depoimento de testemunha inclui mais dois vereadores na fraude do ISS

Terra

Testemunha acrescenta informações da antiga denunciante
Testemunha acrescenta informações da antiga denunciante

O depoimento de uma testemunha protegida pelo Ministério Público Estadual (MPE) inclui mais dois vereadores na lista de políticos que teriam recebido dinheiro da quadrilha de auditores fiscais de São Paulo para suas campanhas eleitorais em 2012. A testemunha diz que Nelo Rodolfo (PMDB) e Paulo Fiorilo (PT), ambos da base do prefeito Fernando Haddad (PT) na Câmara Municipal, receberam dinheiro para favorecer integrantes da quadrilha. As informações são do jornal O Estado de S.Paulo. Saiba mais.

ver mais >>

Pág. atual: 262/319
 
 

Copyright 2017 - WebRadio Programa Conexão - Todos os direitos reservados

Desenvolvido por Go2web

Está no seu momento de descanso né? Entao clique aqui!