• Ouça a Rádio
  • Galeria de Fotos
  • Vídeos
  • Facebook
  • Twitter
Conexão Jornalismo é o primeiro site do país a merecer o selo verde.
Planvale

Busca

 
Audiência na TV

Terça-feira, 21 de Janeiro de 2020

Os Miseráveis: filme é soco na boca do estômago
Audiência na TV

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook

Conexão TV

Quinta-feira, 16 de Janeiro de 2020

Messiah: obra prima da Netflix é melhor do que outros do gênero - vídeo

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook
VER +

Galeria de Fotos

 
 

 
 

Comunidade

home > colunas > política > geral

Política - Geral

 

Quarta-feira, 04 de Dezembro de 2019

Joice Hasselmann depõe na CPI das fake news - vídeo ao vivo

Joice Hasselmann: fake news é o tema
Joice Hasselmann: fake news é o tema
A Comissão Parlamentar Mista de Inquérito que investiga a divulgação de notícias falsas nas redes sociais (CPI das Fake News) ouviu nesta quarta-feira (4) a deputada Joice Hasselmann (PSL-SP), ex-líder do governo do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) no Congresso Nacional. A expectativa é que Joice esclareça declarações sobre milícias digitais bolsonaristas feitas em suas redes sociais. Ela acusou os filhos do presidente, Carlos e Eduardo Bolsonaro, de estarem à frente das chamadas milícias digitais pagas com recursos público para amedrontar e difamar adversários ou ex-aliados do governo.

A deputada foi convidada para falar à comissão pelo senador Rogério Carvalho (PT-SE) quatro dias depois ser destituída da liderança do governo no Congresso, cargo que ocupava desde o início do ano.

Rogério relatou que, depois de deixar a liderança do governo, Joice publicou em redes sociais que Bolsonaro tem uma "milícia virtual" para intimidar críticos, opositores e dissidentes.

A CPI das Fake News é presidida pelo senador Angelo Coronel (PSD-BA) e relatada pela deputada Lídice da Mata (PSB-BA). O colegiado foi criado para investigar os ataques cibernéticos que atentam contra a democracia e a utilização de perfis falsos para influenciar os resultados das eleições 2018.

A prática de cyberbullying sobre os usuários mais vulneráveis da rede de computadores e sobre agentes públicos, o aliciamento e a orientação de crianças para o cometimento de crimes de ódio e suicídio também estão entre os objetos de investigação, que tem até o dia 13 de abril de 2020 para concluir seus trabalhos.

 

Veja também:

>> Sobre o torturador reconhecido: "A volta das múmias"

>> "Histórias da Cidadania" e a "permanência" de Betinho nos dias atuais - vídeo

>> Roberta Montagnini: fotógrafa narra história de 13 mulheres em "O Vestido Viajante

>> Thiago Neves vira alvo de cruzeirenses ante iminente rebaixamento

>> Travesti é espancada por cinco homens no Ceará

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook
  •  
  •  
  •  comentário(s)
  •  
 
Joice Hasselmann depõe na CPI das fake news - vídeo ao vivo
 

Copyright 2020 - WebRadio Programa Conexão - Todos os direitos reservados

Desenvolvido por Go2web

Está no seu momento de descanso né? Entao clique aqui!