• Ouça a Rádio
  • Galeria de Fotos
  • Vídeos
  • Facebook
  • Twitter
Conexão Jornalismo é o primeiro site do país a merecer o selo verde.
Planvale

Busca

 
Audiência na TV

Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

Você é um abolicionista moderno ou escravagista?
Audiência na TV

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook

Conexão TV

Domingo, 10 de Dezembro de 2017

Morre aos 98 anos a atriz Eva Todor

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook
VER +

Galeria de Fotos

 
 

 
 

Comunidade

home > colunas > política > geral

Política - Geral

 

Terça-feira, 05 de Dezembro de 2017

Erika Januza revela ter sofrido preconceito em butique


Duvidar da capacidade de pagar ou sugerir que se parcele pode ser considerado racismo? Dúvidas. Muitas dúvidas. Mas a atriz mineira Erika Januza, 32 anos, acha que sim. Ela, que está na novela "O Outro Lado do Paraíso", disse, em seu Twitter, que quando estava em uma loja percebeu que o vendedor duvidou da sua capacidade de pagamento à vista e por isso teria sugerido que pagasse a prazo. E isso, acredita, por ser negra.



"Hoje fui a uma loja, já havia escolhido o produto e o atendente me falou assim: 'Viu o preço?'. E me apontou a etiqueta com o dedo. Dai eu disse: 'Sim!'. Ele: 'Vai querer parcelar em quantas vezes?'. Eu disse: 'Não, será a vista mesmo'. Será que estou louca? Acho que sim.", postou Erika, de 32 anos.


Nos comentários, Erika recebeu situações vividas por outras pessoas negras. "Já passei por isso, escolhi o produto e a vendedora achou caro, logo me oferecendo um mais barato. Eu apenas disse: 'quero esse e mais aquele, ah, e à vista'. Quando fiz o pagamento, separei o que escolhi primeiro pra mim e dei o segundo de presente a ela. Acho que ela entendeu", relatou uma internauta.

"Eu já pedi um vinho e o garçom "me alertou " que era caro. Pedi um mais caro ainda! Ah. é pago minhas compras sempre à vista! E histórias de loja, como essa, coleciono algumas! Mas racismo é mimimi, não é, Brasil?!", contou outra.

Muitos seguidores ficaram indignados e enviaram diversas mensagens à atriz. "E você comprou o produto da loja? Eu não compraria. Iria em outra loja", questionou uma moça. "Ah comprei! Comprei e paguei a vista! E agradeci!", respondeu Erika.

 

Veja também:

>> Milícia chega a Zona Sul do Rio e instala barreira em Laranjeiras

>> Dória: maioria do eleitorado o considera ruim ou péssimo

>> Bob Fernandes: os mistérios não investigados entre Tacla Duran e Moro - vídeo

>> Vítor Ramil inova e traz diálogos e poesia em novo disco - ouça aqui

>> Pena fiel da direita, Noblat deixa coluna do Globo

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook
  •  
  •  
  •  comentário(s)
  •  
 
Erika Januza revela ter sofrido preconceito em butique
 

Copyright 2017 - WebRadio Programa Conexão - Todos os direitos reservados

Desenvolvido por Go2web

Está no seu momento de descanso né? Entao clique aqui!