• Ouça a Rádio
  • Galeria de Fotos
  • Vídeos
  • Facebook
  • Twitter
Conexão Jornalismo é o primeiro site do país a merecer o selo verde.
Planvale

Busca

 
Audiência na TV

Segunda-feira, 13 de Agosto de 2018

Globo bate forte em Aécio Neves e Anastasia - vídeo
Audiência na TV

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook

Conexão TV

Quarta-feira, 08 de Agosto de 2018

"Chandler Bing", de Friends, é internado às pressas nos EUA

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook
VER +

Galeria de Fotos

 
 

 
 

Comunidade

home > colunas > política > geral

Política - Geral

 

Quinta-feira, 22 de Março de 2018

Coca-Cola, do DF, foi alvo de ocupação por movimentos sociais

Foto - divulgação MST

Ocupação em uma das maiores multinacionais do mundo
Ocupação em uma das maiores multinacionais do mundo

Em defesa da água.
Maior multinacional do planeta, a fábrica de refrigerantes Coca-Cola, na sua representação nos arredores de Brasília, foi ocupada por integrantes de movimentos sociais na madrugada desta quinta-feira (22). Eles protestam contra a privatização e o uso indevido das águas pelas empresas multinacionais e alertam para as negociatas que ocorrem durante o Fórum Mundial da Água envolvendo as grandes corporações e governos.


Segundo os manifestantes, além da Coca-Cola, empresas como a Nestlé e a Danone, dentre outras, têm cobiçado as grandes reservas de água potável no mundo, como o por exemplo o Aquífero Guarani. Eles gritavam palavras de ordem contra as corporações e também deixaram recados nas paredes planta da Coca-Cola.

"Denunciamos as transnacionais como a Nestlé, Coca-Cola, Ambev, Suez, Brookfiled (BRK Ambiental), Dow AgroSciences, entre outras que expressam o caráter do fórum das corporações", diz um trecho do manifesto assinado pelos Movimento dos Atingidos por Barragens (MAB), Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), Movimento dos Pequenos Agricultores (MPA) e o Levante Popular da Juventude.

Maior fórum alternativo, Fama 2018 reafirma defesa da água para todos
Relator da ONU questiona: 'Não dá para tratar a água como direito em vez de mercadoria?'

Em janeiro de 2018, Michel Temer e o presidente da Nestlé, Paul Bulcke, se reuniram (em Davos, na Suíça) para discutir a exploração do aquífero, reserva subterrânea que abrange quatro países da América do Sul, com a sua maior parte no Brasil. Nas últimas semanas também deputados e senadores também mencionaram a necessidade de quantificar e precificar as águas do Aquífero Guarani.

Do Rede Brasil Atual

 

Veja também:

>> Lideranças do Candomblé fazem ato pela paz no Rio no próximo domingo

>> Papa nomeia novo arcebispo para Goiania após casos de corrupção

>> Julgamento no STF: jornalistas acreditam em vitória apertada de Lula

>> Desembargadora que ofendeu Marielle e professora com down diz ser kardecista

>> TV tornada braço do golpe, EBC quer silenciar caso Marielle

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook
  •  
  •  
  •  comentário(s)
  •  
 
Coca-Cola, do DF, foi alvo de ocupação por movimentos sociais
 

Copyright 2018 - WebRadio Programa Conexão - Todos os direitos reservados

Desenvolvido por Go2web

Está no seu momento de descanso né? Entao clique aqui!