• Ouça a Rádio
  • Galeria de Fotos
  • Vídeos
  • Facebook
  • Twitter
Conexão Jornalismo é o primeiro site do país a merecer o selo verde.
Planvale

Busca

 

Conexão TV

Sábado, 03 de Novembro de 2018

Alec Baldwin é preso após confusão em estacionamento

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook
VER +

Galeria de Fotos

 
 

 
 

Comunidade

home > colunas > política > geral

Política - Geral

 

Quarta-feira, 12 de Setembro de 2018

Ciro diz que general Mourão, vice de Bosonaro, é um jumento de carga

Chamado de jumento de carga, Mourão ainda não se pronunciou
Chamado de jumento de carga, Mourão ainda não se pronunciou

Jumento de carga é um sistema de transporte de cargas dos mais tradicionais, baratos e cruéis ainda usados no nordeste. E foi assim que o candidato à Presidência da República pelo PDT, Ciro Gomes, chamou o candidato a vice-presidente na chapa de seu principal adversário, Jair Bolsonaro. Para Ciro, o genereal Hamilton Mourão, que há dias deu declarações defendendo a ditadura e dizendo que as Forças Armadas poderiam interferir no resultado das eleições, envergonha os militares.


A fala de Ciro foi registrada durante encontro e sabatina realizada por jornalistas do jornal O Globo, Valor Econômico e Revista Época, na manhã desta quarta-feira (12), no Rio. E Ciro deu um alerta: caso seja o próximo presidente os seus colaboradores militares não poderão falar em política: quero as Forças Armadas altivas, mas eu serei o chefe.

Sobre a declaração do Comandante Villas Boas que próximo presidente pode não ter legitimidade, Ciro foi ainda mais ácido.

"Estaria demitido e provavelmente pegaria uma 'cana'. Mas deixa eu explicar, ele está fazendo isso para tentar calar a voz das 'cadelas no cio' que embaixo dele estão se animando com essa barulheira. Esse lado fascista da sociedade brasileira. Esse general Mourão, que é um jumento de carga, tem uma entrada no Exército e agora se considera tutor da nação. Os brasileiros têm que deixar muito claro que quem manda no país é o povo", disse.

Ao final da entrevista, Ciro prometeu "sair da política" caso Jair Bolsonaro (PSL) seja eleito presidente.

- Vou desejar boa sorte a ele, cumprimentá-lo pelo privilégio e depois vou chorar. Eu saio da política. A minha razão de estar na política é confiar no povo brasileiro.

Em resposta a Ciro Gomes o general reformado disse que a fala demonstra desespero e falta de argumentos:

A baixaria desse nível não interessa a ninguém. São pessoas desesperadas que não representam o pensamento nacional. Ofensas, partidas de Ciro Gomes, não tem importância para mim. Trata-se de alguém que, em debate, não tem argumentos", disse.

 

Veja também:

>> Do jornalista Hélio Fernandes sobre Haddad: compatível com o que o país precisa

>> OAB quer punição à juíza leiga que mandou algemar advogada negra

>> PGR pede arquivamento de inquérito contra Aécio. Surpresa?

>> Havia um leão no meio da Baía de Guanabara

>> Haddad é o candidato do PT à Presidência da República

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook
  •  
  •  
  •  comentário(s)
  •  
 
Ciro diz que general Mourão, vice de Bosonaro, é um jumento de carga
 

Copyright 2018 - WebRadio Programa Conexão - Todos os direitos reservados

Desenvolvido por Go2web

Está no seu momento de descanso né? Entao clique aqui!