• Ouça a Rádio
  • Galeria de Fotos
  • Vídeos
  • Facebook
  • Twitter
Conexão Jornalismo é o primeiro site do país a merecer o selo verde.
Planvale

Busca

 
Audiência na TV

Segunda-feira, 27 de Setembro de 2021

Corpo de cantor sertanejo é encontrado dentro de carro em BH
Audiência na TV

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook

Conexão TV

Quinta-feira, 23 de Setembro de 2021

Uma boa série? Vosso Reino, na Netflix

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook
VER +

Galeria de Fotos

 
 

 
 

Comunidade

home > colunas > política > geral

Política - Geral

 

Sábado, 11 de Setembro de 2021

Brasil terá 19 milhões de pessoas com mais de 80 anos em 2060

Idadismo e o preconceito contra velhos - foto divulgação
Idadismo e o preconceito contra velhos - foto divulgação


Nem mesmo as mortes causadas pela pandemia (quase 600 mil casos em um ano) será capaz de conter o aumento do envelhecimento médio da população brasileira. Mas, embora o envelhecimento seja irreversível, isso não faz dela das mais longevas do planeta. Mas há particularidades, especialmente relacionadas ao preconceito, que começam a ser detectadas no cenário brasileiro. Segundo projeções do IBGE, o Brasil pode chegar a ter 19 milhões de pessoas com mais de 80 anos em 2060.


Vendo a necessidade de dar voz a este público, a Mediator Pesquisa realizou um estudo qualitativo sobre os 60+ que revela, principalmente, o hiato entre quem ingressa na terceira idade e a forma como a sociedade parece enxergá-los. O estudo é conhecido como "Idadismo". Segundo o resultado, os mais velhos parecem viver em um universo paralelo, em uma incômoda situação de invisibilidade, sendo vítimas até da impaciência ou desrespeito.

Ainda que muitos vivam plenamente e que se mantenham ativos e produtivos ("velho só com 80"), já tendem a ser considerados deficitários, dependentes, fora de sintonia com os tempos atuais, sem grandes ambições.

Foram ouvidos idosos do Rio de Janeiro (da Zona Sul à Baixada) que falaram como eles enxergam temas como mercado de trabalho,, saúde, tecnologia, convivência com os filhos, consumo e lazer.

Em suma, o que querem os idosos? Serem enxergados, tratados com igualdade e respeito, valorizados como cidadãos e consumidores. E quando querem? O quanto antes, enquanto não se tornam "velhos" de fato.

 

Veja também:

>> Crítica & Literatura: Tantas palavras

>> O ator Marco Ricca e o texto que reduz a lixo o recuo de Bolsonaro

>> Deputado bolsonarista diz que Cabral deu o Grito da Independência - vídeo

>> Quem facilitou a fuga de Zé Trovão - vídeo

>> "Deus, Pátria, Família": Bolsonaro usa lema da Ação Integralista Brasileira em carta à nação

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook
  •  
  •  
  •  comentário(s)
  •  
 
Brasil terá 19 milhões de pessoas com mais de 80 anos em 2060
 

Copyright 2021 - WebRadio Programa Conexão - Todos os direitos reservados

Desenvolvido por Go2web

Está no seu momento de descanso né? Entao clique aqui!