• Ouça a Rádio
  • Galeria de Fotos
  • Vídeos
  • Facebook
  • Twitter
Conexão Jornalismo é o primeiro site do país a merecer o selo verde.
Planvale

Busca

 

Conexão TV

Quinta-feira, 16 de Janeiro de 2020

Messiah: obra prima da Netflix é melhor do que outros do gênero - vídeo

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook
VER +

Galeria de Fotos

 
 

 
 

Comunidade

home > colunas > política > geral

Política - Geral

 

Quinta-feira, 28 de Novembro de 2019

Bolsonarista mata esquerdista após discussão em Balneário Camboriu (SC)

Fabio Leandro e Antonio Furtado (Montagem/Reprodução/Facebook)
Fabio Leandro e Antonio Furtado (Montagem/Reprodução/Facebook)


Não há de se atribuir a divergência ou intolerância, mas apenas espírito assassino. O apoiador de Jair Bolsonaro, Fábio Leandro Schwindlein, de 44 anos, matou o idoso Antônio Carlos Rodrigues Furtado, de 61 anos, após agressão com socos e pontapés por discussão sobre política. Rodrigues seria esquerdista e Fábio Leandro já demonstrou em diversas publicações nas redes sociais ser bolsonarista.


O crime ocorreu nesta quarta-feira (27) na Avenida Alvin Bauer na região central de Balneário Camboriú. Segundo boletim de ocorrência feita pela polícia, Fábio Leandro estava "muito alterado e proferindo palavras impróprias de cunho ofensivo", quando começou a agredir o idoso

"A vítima foi para a calçada e em seguida, F.L.S iniciou com as agressões. Após o ato, a vítima caiu no chão, e o autor continuou a agredí-lo. Em ato contínuo, a vítima levantou-se e pediu para cessar com a agressão, pedido este ignorado pelo autor do fato. Neste momento, a vítima caiu novamente no chão, desta vez, desacordado", diz o boletim.

Rodrigues teve uma parada cardíaca no local e morreu. "A viatura do SAMU também deslocou ao local e prestou atendimento a vítima que estava em parada cardíaca, entretanto, a vítima não resistiu e veio a óbito no local", diz o boletim de ocorrência.

Crime cruel
Segundo informações obtidas pela Fórum, a própria polícia admite que o crime teve ares de crueldade, pois Fábio Leandro é fisicamente mais forte que o idoso e teria continuado as agressões mesmo com Furtado implorando para que ele parasse.

A própria nota divulgada pela polícia enfatiza a crueldade, segundo testemunhas que presenciaram a cena. "As testemunhas B.S.R.R e J.O.R informaram que F.L.S estava muito alterado e proferindo palavras impróprias de cunho ofensivo à A.C.R.F. Relataram que a vítima neste instante afastou-se de F.L.S, entretanto, a discussão continuou. A vítima foi para a calçada e em seguida, F.L.S iniciou com as agressões. Após o ato, a vítima caiu no chão, e o autor continuou a agredí-lo. Em ato contínuo, a vítima levantou-se e pediu para cessar com a agressão, pedido este ignorado pelo autor do fato. Neste momento, a vítima caiu novamente no chão, desta vez, desacordado".

Antonio Furtado seria um esquerdista histórico de Balneário Camboriu e estaria passando por dificuldades financeiras nos últimos tempos.

 

Veja também:

>> Papa diz que só diálogos podem conter convulsão da América Latina

>> Após denúncias de sete invasões em escola, PM faz operação

>> Temer, de novo, admite que Dilma foi alvo de golpe

>> PSOL quer que ministro da Educação diga onde há plantação de maconha em Universidades

>> Castelo de cartas que elegeu bolsonaristas rui um pouco mais a cada dia...

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook
  •  
  •  
  •  comentário(s)
  •  
 
Bolsonarista mata esquerdista após discussão em Balneário Camboriu (SC)
 

Copyright 2020 - WebRadio Programa Conexão - Todos os direitos reservados

Desenvolvido por Go2web

Está no seu momento de descanso né? Entao clique aqui!