• Ouça a Rádio
  • Galeria de Fotos
  • Vídeos
  • Facebook
  • Twitter
Conexão Jornalismo é o primeiro site do país a merecer o selo verde.
Planvale

Busca

 
Audiência na TV

Quarta-feira, 19 de Setembro de 2018

O avanço de Haddad e as caras de culatra na Globonews
Audiência na TV

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook

Galeria de Fotos

 
 

 
 

Comunidade

home > colunas > política > eleições

Política - Eleições

 

Terça-feira, 13 de Março de 2018

Bob Fernandes: o impróprio encontro de Cármen Lúcia e Temer e a militarização do país


O encontro fora de pauta entre Cármen Lúcia e Michel Temer foi um dos assuntos tratados por Bob Fernandes. Lembrando que o ilegítimo chegou ao poder a partir de um processo forjado contra Dilma Rousseff, o jornalista diz que o encontro foi impróprio porque o STF, através de Cármen Lúcia, sua presidente, se encontra com o investigado. Veja o vídeo.



É bom lembrar: a Constituição impede responsabilizar presidente da República por atos anteriores ao mandato.
.
Temer é investigado por dois supostos crimes de antes do mandato. É bom lembrar que Temer é presidente por conta de impeachment forjado com gambiarras.
.
Não é ilegal presidentes da República e do Supremo se encontrarem. Mas isso não é bom quando, apesar de obstáculo legal, o Supremo está investigando o presidente.
.
É necessário Mídias repisarem ilegalidades de Temer & Cia.
.
Mas é bom lembrar: antes, mesmo já sabendo, omitiram quem eram Temer, Cunha & bando...
.
...Quando, em nome da legalidade, apoiaram ilegalidades fantasiadas de legalidade.
.
Não é bom quem se esgoelava contra a corrupção agora esconder-se, calado.
.
É hipocrisia e cinismo os que instigaram fascistas agora fingirem nada ter a ver com isso E ainda buscarem faturar criticando fascistas.
.
Não é legal ver militar, de novo, defendendo ditadura. Não é legal militar esquecer: militares da ditadura argentina foram condenados. E presos.
.
É preciso lembrar: Mandela, De Gaulle, Menachen Beguin, por exemplo, foram chamados de e tratados como "terroristas" e "guerrilheiros".
.
Depois reverenciados como Estadistas, ou heróis. Assim como os partisans, partigianos, republicanos ou anti-stalinistas. Na França, Itália, Espanha, União Soviética...
.
...Porque enfrentaram forças ou Estados nascidos ou tornados fora-da-lei. Mesmo quando fantasiados de legais.
.
Vivemos uma ditadura de 21 anos para impedir o quê? Uma ditadura que supostamente viria...
.
Uma ditadura para evitar uma ditadura!!! Imprescindível pensar a respeito dessa lógica e fato.
.
É péssimo ver a ONU, de novo, advertindo o Brasil por conta de militarização.
.
É trágico uma sociedade produzir 60 mil homicídios ao ano, 1,5 milhão em três décadas e meia. E como se tanta matança fosse produto do nada.
.
Indica muito a pregação "O Mercado, "O Mercado", como papagaios, em meio a tanto morticínio.
.
Matança, fome, miséria, militares de volta, cada vez mais humanos morando nas ruas... Nada disso é legal.

 

Veja também:

>> Corrupção em prisões do Rio é alvo de operação da PF

>> IFSP não afasta professor chamado de "racista" por alunos

>> Barroso veta indulto a condenados por corrupção

>> Claudinha Telles leva Bossa à sala Baden Powell

>> Morre o fotojornalista Raimundo Valentim

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook
  •  
  •  
  •  comentário(s)
  •  
 
Bob Fernandes: o impróprio encontro de Cármen Lúcia e Temer e a militarização do país
 

Copyright 2018 - WebRadio Programa Conexão - Todos os direitos reservados

Desenvolvido por Go2web

Está no seu momento de descanso né? Entao clique aqui!