• Ouça a Rádio
  • Galeria de Fotos
  • Vídeos
  • Facebook
  • Twitter
Conexão Jornalismo é o primeiro site do país a merecer o selo verde.
Planvale

Busca

 

Conexão TV

Quinta-feira, 17 de Janeiro de 2019

Regina Duarte revela frustração com governo Bolsonaro

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook
VER +

Galeria de Fotos

 
 

 
 

Comunidade

home > colunas > política > brasília

Política - Brasília

 

Domingo, 22 de Abril de 2012

Veja omite escandalo na capa, mas diretor fala na versão digital

Da redação e do portal 247

Cachoeira fornecia a
Cachoeira fornecia a "reportagem investigativa?"

A revista Veja voltou a esconder o tema Cachoeira na capa desta semana. Destacando como assunto principal o conflito alto e baixo, algo como um roteiro envolvendo a própria revista, ela não revela o grau de ligação que estabeleceu com o bicheiro Carlinhos Cachoeira. Mas na versão digital, um diretor sai em defesa do indefensável e tenta convencer de que o uso de instrumentos ilegais, como escutas e vídeos, oferecidos por um bicheiro, é algo legítimo e que tem a aura do interesse público a balizá-la. O que é mentira. Não há justificativa profissional para se utilizar instrumentos ilegais que ao final de tudo irá favorecer ao crime e aos criminosos interessados na reportagem. Cumplicidade é o nome correto para aquilo que pretendem confundir com reportagem investigativa. Até porque se alguém investigou algo foram os capachos de Cachoeira e não jornalistas. A eles coube a tarefa de publicar e receber os elogios do chefe da quadrilha em telefonemas. Veja reportagem do Portal 247 e texto do diretor da Veja.

ver mais >>

Quinta-feira, 19 de Abril de 2012

PSDB entra com representação para cassar mandato do autor da CPI do Cachoeira

Claudio Julio Tognolli do Portal 247

Cortina de fumaça ou vingança?
Cortina de fumaça ou vingança?

O presidente nacional do PSDB, Sérgio Guerra, entrou com representação na Corregedoria da Câmara pedindo a cassação do mandato do deputado Protógenes Queiroz (PCdoB/SP) autor do pedido de abertura de CPI para apurar o escândalo Carlinhos Cachoeira. O pedido se baseia em conversas telefônicas mantidas entre Protógenes, delegado da PF licenciado, e um dos homens de confiança do bicheiro Cachoeira, Dadá. A chance do pedido prosperar são de uma em dez. A iniciativa, segundo analisam observadores políticos, tem o objetivo claro de criar fato paralelo que tire a atenção da opinião pública do escândalo de Carlinhos Cachoeira que promete tragar reputações tidas como ilibadas como a do próprio senador Demóstenes Torres (DEM/GO). Leia a íntegra do pedido de cassação. A reportagem é de Claudio Julio Tognolli do Portal 247

ver mais >>

Quinta-feira, 19 de Abril de 2012

Operação abafa? Diretor da Abril estaria em Brasília para inibir convocação de Civita pela CPI

Do Portal 247

Civita e o medo de repertir o escândalo Murdoch
Civita e o medo de repertir o escândalo Murdoch

247 – Com a CPI sacramentada e instalada nesta manhã pelo Congresso Nacional, começam a circular os lobbies políticos, empresariais e midiáticos. Ontem, quem foi visto circulando em Brasília foi o executivo Fábio Barbosa, ex-presidente do Santander e atualmente presidente do grupo Abril, que publica Veja. Bem relacionado em todos os partidos, por ter sido também presidente da poderosa Febraban, Fábio Barbosa foi a Brasília com uma missão delicada: convencer lideranças do Congresso Nacional a evitar a convocação, pela CPI, do empresário Roberto Civita, presidente do grupo Abril.

ver mais >>

Quinta-feira, 19 de Abril de 2012

Luzes da Ribalta: CPI do Cachoeira vem aí

Da redação

O show vai começar
O show vai começar

A CPI do Cachoeira vai funcionar como um grande espetáculo para muitos daqueles que buscam holofotes. Casos de quem já esteve na crista da onda e submergiu em escândalos, como Collor e Renan Calheiros, ou daqueles que tem a sede da vingança, como muitos da base governista, vão poder se esbaldar. Até porque os representantes dos tucanos jamais estiveram do lado de lá. Nunca, em tempo algum nos dois governos FHC, a oposição conseguiu criar CPIs para apurar denúncias que não iam além das revistas semanais. Quem analisa o quadro político no exercício de futurologia, conforme ele mesmo diz, é o colunista político da TV Gazeta, Bob Fernandes. Veja o vídeo

ver mais >>

Quarta-feira, 18 de Abril de 2012

Trio de Cachoeira: “Chico”, “amendoim” e “caneta”

Da redação e Portal 247

Escândalos contra o dnit e a favor da Delta
Escândalos contra o dnit e a favor da Delta

As relações entre o grupo de Cachoeira e o diretor da Sucursal de Veja em Brasília eram tão próximas e confidenciais que havia até mesmo um código para que o grupo pudesse se comunicar fugindo de enventuais grampos telefônicos. Policarpo Júnior, o jornalista da Veja, era chamado de "Caneta" pelo grupo. Ele, de acordo com trechos das escutas divulgados há pouco pela Folha de São Paulo e pelo blog do Nassif, era a pessoa que dava visibilidade aos "escândalos" estampados nas capas da revista. E todos de total interesse do grupo do bicheiro. De investigativo, sabemos todos nós jornalistas, este tipo de trabalho não tem nada. Leia reportagem do Portal 247

ver mais >>

Quarta-feira, 18 de Abril de 2012

Protógenes Queiroz vai a tribuna e critica Veja e Isto é

Da redação

Críticas pesadas: ou é jornalista ou é bandido
Críticas pesadas: ou é jornalista ou é bandido

O deputado federal Protogenes Queiroz (PCdoB/SP) subiu a tribuna da Câmara dos Deputados na terça-feira para reforçar as críticas que se tornaram comuns contra a revista Veja. Ele, alvo da matéria do semanário publicada esta semana, na qual é apontado como informante de Dadá, um militar ligado a Carlinhos Cachoeira, se defende da acusação e tece comentários depreciativos sobre a revista e jornalistas que lá trabalham. Veja os vídeos.

ver mais >>

Pág. atual: 103/105
 
 

Copyright 2019 - WebRadio Programa Conexão - Todos os direitos reservados

Desenvolvido por Go2web

Está no seu momento de descanso né? Entao clique aqui!