• Ouça a Rádio
  • Galeria de Fotos
  • Vídeos
  • Facebook
  • Twitter
Conexão Jornalismo é o primeiro site do país a merecer o selo verde.
Planvale

Busca

 
Audiência na TV

Sexta-feira, 03 de Abril de 2020

Gabriela Prioli terá programa no horário nobre da CNN Brasil
Audiência na TV

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook

Galeria de Fotos

 
 

 
 

Comunidade

home > colunas > política > brasil

Política - Brasil

 

Terça-feira, 18 de Fevereiro de 2020

Presidente do Senado sofre ataque homofóbico ao ser filmado dançando com o pai

Reprodução de vídeo - Alcolumbre e o pai
Reprodução de vídeo - Alcolumbre e o pai


O presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), reagiu a uma onda de ofensas que tem recebido desde a divulgação de um vídeo, feita por ele mesmo no Youtube, em que se diverte, dançando com o pai no Carnaval do ano passado. A gravação foi compartilhada nas redes com comentários homofóbicos, principalmente por apoiadores do presidente Jair Bolsonaro.



Davi defendeu que o Congresso busque caminhos para a criminalização de atos de ódio e intolerância. "Uma crescente onda de intolerância, preconceito e desrespeito toma conta das redes sociais", escreveu no Twitter e em nota publicada no portal do Senado.

"É inacreditável que algumas pessoas sejam tão desrespeitosas que se sintam no direito de agredirem, sem mais nem menos, a imagem de um pai feliz em um momento de descontração com o filho", acrescentou.

O senador disse que decidiu se manifestar pela obrigação de defender o pai, José Tobelem. Davi Alcolumbre havia identificado o pai na gravação publicada no Facebook no fim de semana. Junto com a imagem, ele escreveu que o pai é o seu amor de todos os carnavais. "Te amo, pai!", declarou.

O vídeo, porém, foi editado e compartilhado com mensagens ofensivas. Militante bolsonarista, o criador do canal Terça Livre, Allan dos Santos, divulgou a gravação com o seguinte comentário: "Que encouchada (sic) é essa? A coisa tá animada, hein!".

"É inacreditável que algumas pessoas sejam tão desrespeitosas que se sintam no direito de agredirem, sem mais nem menos, a imagem de um pai feliz em um momento de descontração com o filho", protestou o senador.

Para o presidente do Senado, é necessário continuar trabalhando para combater a intolerância no meio virtual. Davi Alcolumbre diz que é preciso defender os direitos humanos e a liberdade de expressão, mas também buscar caminhos para criminalizar atos de ódio.

 

Veja também:

>> 1047 dias para acabar o governo Bolsonaro: esta é uma boa ou má notícia?

>> Esporte favorito: Bolsonaro ofende jornalista com machismo e sexismo

>> Record é condenada em R$ 2 mi por pintar arte rupestre

>> Mascote do Atlético Mineiro é demitido após comportamento machista

>> Ato de racismo no futebol em Portugal revolta opinião pública

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook
  •  
  •  
  •  comentário(s)
  •  
 
Presidente do Senado sofre ataque homofóbico ao ser filmado dançando com o pai
 

Copyright 2020 - WebRadio Programa Conexão - Todos os direitos reservados

Desenvolvido por Go2web

Está no seu momento de descanso né? Entao clique aqui!