• Ouça a Rádio
  • Galeria de Fotos
  • Vídeos
  • Facebook
  • Twitter
Conexão Jornalismo é o primeiro site do país a merecer o selo verde.
Planvale

Busca

 

Conexão TV

Quinta-feira, 16 de Novembro de 2017

Justiça condena Pânico na Band a indenizar Agnaldo Silva

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook
VER +

Galeria de Fotos

 
 

 
 

Comunidade

home > colunas > política > brasil

Política - Brasil

 

Quarta-feira, 13 de Setembro de 2017

Depoimento de Lula ao juiz Sérgio Moro

Moro voltou a ser ríspido com a defesa de Lula
Moro voltou a ser ríspido com a defesa de Lula
Em mais um embate entre o ex-presidente Lula e o juiz Sérgio Moro, durante depoimento de quase cinco horas na tarde desta quarta-feira (13) em Curitiba, Moro voltou a encurralar o magistrado com perguntas e questionamentos que punham em dúvida a isenção do juiz em julgá-lo:

- Posso olhar nos olhos dos meus netos e dizer que fui julgado por um juiz imparcial?

Desconsertado, Moro disse que sim.

Em outro momento, Lula lembrou que a força tarefa inventou a história do triplexo:

"Eles inventaram que o triplex era meu porque 'O Globo' disse e não é, o senhor sabe disso. Agora, inventaram que o apartamento é meu, e não é, e eles sabem disso. Como inventaram a história do sítio, que é meu, e não é. Ou seja, três denúncias do Ministério Público por ilação, porque eles têm a ideia de transformar o Lula no power point deles", afirmou Lula.

O ex-presidente disse que vai provar ser inocente e espera um dia receber desculpa do MPF. "Eu poderia ficar zangado, nervoso, mas eu quero enfrentar o Ministério Público, sobretudo a força-tarefa, para provar minha inocência. Eu só espero que eles tenham grandeza de um dia pedir desculpa".

Ao final do depoimento, Lula questionou a imparcialidade do juiz Sérgio Moro. "Posso olhar nos olhos dos meus netos e dizer que prestei depoimento a um juiz imparcial?", perguntou o ex-presidente.

É a segunda vez que Lula presta depoimento como réu em um processo da Lava Jato conduzido por Moro. A acusação é sobre um suposto pagamento de propina por parte da construtora Odebrecht.

Segundo a denúncia, a empresa comprou um terreno para a construção de uma nova sede para o Instituto Lula. A empreiteira também teria comprado um apartamento vizinho ao que o ex-presidente mora, em São Bernardo do Campo (SP). O imóvel é alugado desde 2002 e abriga, principalmente, os seguranças que fazem a escolta de Lula.

 

Veja também:

>> Título pode garantir 13 milhões em premiação aos jogadores do Botafogo

>> Comandante-geral dos Bombeiros pede exoneração após denúncias de corrupção

>> Traficantes de drogas mandam pai de santo destruir templo de umbanda - vídeo

>> Cunha e Temer tramavam diuturnamente a queda de Dilma

>> Presidente da Friboi, Wesley também é preso pela PF

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook
  •  
  •  
  •  comentário(s)
  •  
 
Depoimento de Lula ao juiz Sérgio Moro
 

Copyright 2017 - WebRadio Programa Conexão - Todos os direitos reservados

Desenvolvido por Go2web

Está no seu momento de descanso né? Entao clique aqui!